quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Marte Retrógrado

Diário da Astróloga: 09.09.20 | Marte entra em movimento retrógrado! Ontem ele já vinha desacelerando e de hoje, 09.09 a 13.11 ele irá "caminhar" para trás. Obviamente que este é um movimento aparente. Na verdade Marte não está de ré. Mas esta é a impressão que temos daqui da Terra. Uma impressão que se torna símbolo, força, analogia e se transforma ora em realidades sutis, ora em manchetes de jornais. E a notícia é que as pesquisas da vacina de Oxford em parceria com o Laboratório AstraZeneca foram suspensas temporariamente após uma reação adversa em um paciente.
Imaginando que esta era uma das maiores esperanças mundiais, a pausa nas pesquisas que coincide exatamente com a entrada de Marte em retrogradação, poderia representar uma grande frustração para todos nós. O laboratório já havia participado das fases 1 e 2 com a testagem em centenas voluntários. A fase 3 e a mais importante é a vacinação em massa, inclusive em grupos étnicos e etários outros, justamente para se ter a certeza de que a vacina cobriria todos, com suas diferenças e peculiaridades. Mas um homem britânico apresentou sintomas ainda não comunicados à imprensa, o que fez com que o laboratório tomasse tal decisão. Ora, sabendo que esta é a notícia mais esperada de todos os tempos é preciso que se faça a coisa como ela deve ser. Laboratório algum deve ceder às pressões ideológicas, políticas ou econômicas de qualquer país, grupo ou pessoa. E a medida da AstraZeneca não deve ter sido nada fácil, mas extremamente necessária. Depois do anúncio, a bolsa de valores na Europa já havia terminado os seus trabalhos e ainda assim o laboratório acusou queda de 6%. Imagino um grupo de senhores, entre cientistas renomados e milionários da indústria farmacêutica tendo que dar uma notícia como essa para não perder credibilidade. Afinal, quem quer perder 6%  ou mais de seu patrimônio? O raciocínio deve ter sido o seguinte: melhor perder muito agora que perder tudo depois. Esta foi sem dúvida uma media responsável, cautelosa e que preza pela credibilidade... palavra que anda bem fora de moda, mas que é o que levará a população mundial a ser imunizada com segurança. O que a AstraZeneca e a Universidade Oxford mostraram é que não adianta nem pressa, nem pressão. Esta medida aconteceu em paralelo com a assinatura de um documento em conjunto por nove laboratórios europeus e norte americanos (Pfizer, GlaxoSmithKline, AstraZeneca, Johnson & Johnson, Merck & Co, Moderna, Novavax, Sanofi e BioNTech) que se comprometeram a não liberar qualquer vacina antes dos testes concluídos. Embora estejam em jogo alguns dos piores interesses capitalistas, tão representados pelos maléficos Saturno e Plutão em Capricórnio, a ciência, a saúde e a vida vêm em primeiro lugar.
A título de curiosidade, nenhum laboratório chinês fez parte do grupo que assinou o protocolo. E os russos liberaram ontem o primeiro lote da vacina contra Covid-19, a Sputnik V, que acontece em paralelo com os testes clínicos da fase 3, onde milhares de pessoas são vacinadas e testadas. E antes que digam que sou contra os chineses ou os russos, bem... quem sabe os russos se anteciparam a Marte Retrógrado e fizeram um trabalho exemplar? Putin não daria um tiro no próprio pé? Ou daria? Acompanhemos as notícias do céu e da Terra!

ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU
Marte Retrógrado não aparece apenas na mídia, mas também nas nossas vidas cotidianas. Por cerca de dois meses, o deus da ação estará sendo freado, impedido, paralisado. O resultado é lentidão, estagnação, atropelos ou gastos desnecessários de energia. A insistência em agir sob Marte Retrógrado pode gerar inclusive resultados desastrosos. Ainda que estejamos vivendo um dos anos mais desafiadores da nossa geração, é preciso compreender esta linguagem cósmica e fluir com ela e não contra ela. Se é tempo de desacelerar para reavaliar e reconsiderar nossas ações, que assim seja. Às vezes não percebemos essa dinâmica, maior que nós mesmos e ficamos irritados, nervosos e impacientes. Mas há forças que estão além das nossas capacidades e é preciso admiti-las. O outro nome para isso é destino! Para quem geralmente toma as rédias da situação, tem ímpeto de liderança e não se contém, é hora de aprender a parar. E noutra ocasião, num futuro próximo, guiados por outras forças, os resultados serão mais promissores. Uma das maiores lições de um Marte Retrógrado é aprender que o mundo não gira ao nosso redor, do jeito que nós queremos. Aproveite este período para desapegar e observar que há coisas que também se organizam sem você.
Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
CRÉDITOS: Banco de Imagens

Diário da Astróloga: 09.09.20 | A suspensão dos testes com a vacina de Oxford coincidem exatamente com a entrada de Marte em seu movimento retrógrado. Sem pressa e sem pressão! É assim que poderemos alcançar resultados seguros para todos nós! Para isso é preciso respeitar o tempo da própria vida. Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa 


CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento | #epidemia #coronavírus #covid19  #pandemia #quarentena | #marteretrógrado #negócios #economia #saúde #vacinacovid #vacinacoronavirus #oxford #astrazeneca #laboratório #industriafarmacêutica #sputnikv #putin #russia #china #planetaretrógrado

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentindo, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.




Nenhum comentário :

Postar um comentário