sábado, 11 de julho de 2020

Uma selfie com Sofia

Diário da Astróloga: 11.07.20 | Sábado de nervos à flor da pele com Lua em Áries conjunta a Marte, o deus da guerra. Em aspecto desafiador com Mercúrio em Câncer, há possibilidade de discussão, discórdia, incoerência e bate boca sobre coisas do passado.
Na Turquia, a Catedral de Santa Sofia se transforma novamente em mesquita, fazendo a região voltar no tempo e em conflitos que pareciam sanados. Como dito no último domingo, o prédio que foi uma das maiores catedrais do mundo durante séculos, já foi centro do cristianismo ortodoxo nos tempos de Constantinopla, por um curto período foi igreja católica romana, por 500 anos foi mesquita muçulmana e desde 1935 havia se tornado museu, com passe livre a pessoas de todos os credos e sem credos, simbolizando a secularização do país.

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Os melhores efeitos de um Mercúrio Retrógrado

Diário da Astróloga: 10.07.20 | O céu tem uma dinâmica muito própria. Hoje é o último dia da super conjunção entre Júpiter e Plutão. Quem acompanhou as últimas publicações sobre o tema compreendeu a potência desse grande encontro nos últimos dias (de 18.06 a 10.07). E o ciclo de Mercúrio Retrógrado também está chegando ao fim (de 18.06 a 12.07). Neste domingo, o planeta da comunicação e das negociações começa a caminhar para frente e finalmente poderemos nos sentir mais assertivos. Essa ciranda no céu, reverbera como uma ciranda na Terra, nos deixando por vezes bastante confusos. Mas a sabedoria do cosmos está presente em tudo, dos eventos maiores aos menores.

quinta-feira, 9 de julho de 2020

A Verdade


Diário da Astróloga: 09.07.20 | Reza a lenda que a Verdade e a Mentira se encontraram certa vez. A Mentira disse à Verdade: "Hoje está um dia maravilhoso!" A Verdade olhou para o céu e se admirou, pois o dia era realmente especial. Depois de muitas horas caminhando elas chegaram finalmente ao lado de um poço. E então a Mentira disse à Verdade: "A água está muito agradável. Porque não tomamos um banho juntas!?" A Verdade, mais uma vez desconfiada, testou a água e percebeu que estava mesmo muito fresca. Então, elas se despiram e começaram a tomar banho. De repente, a Mentira saiu às pressas da água, vestiu as roupas da Verdade e fugiu correndo.

quarta-feira, 8 de julho de 2020

Júpiter, Plutão e a Compulsão

Diário da Astróloga: 08.07.20 | O conteúdo de ontem sobre a conjunção entre Júpiter e Plutão gerou tanto interesse que decidi desdobrar este assunto nesta quarta-feira, trazendo outras perspectivas deste mesmo aspecto astrológico. Como uma das conjunções mais impactantes do ano vai de 18.06 a 10.07, ainda teremos que nos ver com ela não só agora, mas também com as suas repercussões a longo prazo. De meados de Junho pra cá estamos vivenciando em nível coletivo segundas ondas de Coronavírus pelo mundo, excessos autoritários da Turquia à China, ciclones no sul do Brasil, pestes de gafanhoto e até a ameaça do retorno da Peste Bubônica à Ásia. Ou seja, Júpiter e Plutão neste 2020 não estão de brincadeira. 

terça-feira, 7 de julho de 2020

Plutão: sorrateiro e invisível

Diário da Astróloga: 07.07.20 | Não há deus mais temido e ao mesmo tempo desconhecido dentre os olímpicos que o deus das trevas. Plutão para os romanos e Hades para os gregos, o deus dos subterrâneos tem na astrologia o poder da morte e do renascimento. Portanto, Plutão é a entidade que governa "os infernos", ou seja tudo o que está debaixo da terra: os mortos, as sementes, o ouro, o nióbio, os diamantes, o petróleo e a nossa mente inconsciente individual e coletiva. Segundo o professor de mitologia Junito de Souza Brandão, durante as primeiras batalhas na Terra, Plutão ganhou como aparato de defesa um capacete que o tornava invisível, tal qual um super herói ou vilão, com a habilidade de transitar por qualquer lugar sem ser notado. Por isso "o tenebroso" Plutão também é tão temido, pois é difícil antever quando ele irá agir.

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Céu da Semana: 06.07 a 12.07 - A gênese do pecado

Diário da Astróloga: 06.07.20 | E eis que começamos mais uma semana no planetinha! Esta será marcada pelos fortes afetos de uma Lua Cheia pós Eclipse e pelos últimos dias de um Mercúrio Retrógrado. Assim, quando reunimos descontrole emocional e falta de bom senso temos a gênese do pecado. Neste final de semana alguém escreveu num comentário no canal da "A Astróloga" no Youtube dizendo que "não viu nada demais acontecer neste último Eclipse". Eu não sei o quê o homem esperava presenciar. Mas quem teve ouvidos para ouvir e olhos para ver, percebeu. Com o Sol em Câncer, o signo da vida privada e a Lua em Capricórnio, o da vida pública, vimos a reabertura de inúmeros estabelecimentos comerciais, entre shoppings, igrejas, bares e restaurantes, de maneira totalmente irresponsável, com aglomerações e até festas, num momento em que o Brasil contabiliza 1.000 óbitos por Covid por dia.

domingo, 5 de julho de 2020

O som do mundo


Diário da Astróloga: 05.07.20 | Acordo nesse 5 de Julho, depois de uma madrugada de Eclipse, ouvindo novamente um som raro. Devem ser as influências de Câncer, o signo que tão bem escuta, reconhece ritmos e harmonias. Contra o signo das memórias do passado há no céu uma tropa de planetas em Capricórnio, entre eles os maléficos Saturno e Plutão. Deve ser por isso que ouço este som: O SOM DO MUNDO GIRANDO PARA TRÁS. Este é um momento raro entre o Céu e a Terra. Quando eu tinha meus 15 anos achava que no futuro o mundo seria melhor, mais justo e livre. Até que uma mestra me disse que vez por outra o mundo girava em sentido contrário. Eu tive dificuldade de entender isso, mas ela estava certa. O mundo oscila entre sua própria luz e sua própria sombra.

sábado, 4 de julho de 2020

My home, my castle

Diário da Astróloga: 04.07.20 | A Lua entra em Capricórnio. E o Sol em Câncer em oposição àquela legião de planetas densos no céu nos coloca diante de um DESÂNIMO MORAL notório. Não é só a vida pública que anda MUITO MAL. Na verdade é à partir dela que brotam algumas das nossas maiores angústias pessoais. Em poucas ocasiões a relação do público e do privado, macrocosmo sobre o microcosmo se dá de maneira tão evidente quanto no Eixo Câncer-Capricórnio e principalmente às vésperas de um Eclipse.
Até por isso, este sábado poderia ser encarado como uma preparação para o Eclipse Lunar que acontece de hoje para amanhã. Entre os primeiros minutos deste domingo e as 2h50 da manhã, viveremos mais uma reviravolta astral, talvez a mais impactante delas.

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Eclipse Lunar em Capricórnio

Diário da Astróloga: 03.07.20 | Neste domingo, viveremos mais um Eclipse. Desta vez será Lunar e poderá ser visto do Brasil por volta das 1h30 da manhã. Há um mês, em 05.06 vivemos um Eclipse no Eixo Gêmeos-Sagitário. Nele esperávamos ouvir uma mensagem e a disseminação dela. Foi quando as manifestações anti-racista "Black Lives Matter" ou "Vidas Negras Importam" tornaram-se uníssonas não apenas nos EUA, mas em vários países do mundo, como Sagitário gosta. No Eclipse Solar no Eixo Câncer-Capricórnio, em 21.06, presenciamos a saída do então Ministro da Educação, Abraham Weintraub e a prisão do ex assessor da família Bolsonaro, Fabrício Queiroz, encontrado na casa do advogado da família... como Câncer esperava. Ou seja, Eclipses não são para amadores, muito menos em 2020.

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Tempo de Migração

Diário da Astróloga: 02.07.20 | No céu, dois gigantes estremecem a Terra. Júpiter e Plutão unidos em Capricórnio, por mais uma semana, emprestam um ao outro o melhor e o pior de si, sem distinção entre o bem e o mal, tal qual os humanos agem, sem saber se o que fazem é certo ou errado. A última vez que estiveram juntos, mas não aos abraços foi em 2008, também em Capricórnio, culminando com a bolha imobiliária norte-americana e sua reverberação no mundo, com recessão econômica mais evidente em Espanha, Portugal e Grécia. E cá estão Júpiter e Plutão novamente, mas agora unidos e fortes. O recado é claro. Os ciclos têm qualidades arquetípicas que se repetem por analogia, de tempos em tempos.

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Bombas, imperadores e transformações

Diário da Astróloga: 01.07.20 | O mês de Julho recebe este nome em homenagem ao Imperador Júlio César, da Roma Antiga. Foi ele quem reformou o calendário da época tornando-o um calendário solar e não mais lunar, semelhante ao antigo calendário egípcio, alinhado pelas estações do ano, com 365 dias e 12 meses. Poucos meses antes da morte do líder militar e populista, o Senado Romano trocou o mês de "Quintilis" por "Julius" em sua homenagem, pois era o mês de seu nascimento. E em 45. a.C. uma parte considerável do planeta passou a adotar o Calendário Juliano. A última reforma foi feita em 1582 pela Igreja Católica e hoje uma parte ainda maior do planeta se baseia no Calendário Gregoriano ou Calendário Cristão.

terça-feira, 30 de junho de 2020

"O pior está por vir"

Diário da Astróloga: 30.06.20 | "O pior está por vir". A frase não é minha, mas poderia ser, sabendo que o segundo semestre de 2020 será muito mais desafiador que o primeiro. A frase é na verdade do diretor da OMS, Tedros Adhanom. Para a Organização Mundial de Saúde a pandemia de Coronavírus está longe de terminar. A declaração foi feita no momento em que o mundo alcança a marca dos 10 milhões de casos confirmados e meio milhão de óbitos, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. Tedros disse que "embora muitos países tenham feito algum progresso globalmente, a pandemia está acelerando e de maneira muito rápida". Em texto escrito em 23.06 alertei para a entrada de Netuno em Retrogradação, responsável pelo "espalhamento" da Covid no mundo, nos fazendo viver segundas ondas em vários países e mesmo ver os números de contaminados subirem nas nações que ainda nem saíram da primeira onda.

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Céu da Semana: 29.06 a 05.07

Diário da Astróloga: 29.06.20 | E eis que começamos mais uma segunda-feira neste planetinha em ininterrupta turbulência. Da semana passada trazemos algumas novidades. A saída da Vênus da sua retrogradação finalmente abre caminho para melhores vivências nos relacionamentos amorosos. E a entrada de Netuno em retrogradação, que pode ser vista no espalhamento da Covid no mundo, gerando uma segunda onda de contaminação em alguns países e em outros, unido a primeira à segunda onda, se configurando como uma tsunami pandêmica com 500 mil vítimas no mundo até agora. Ontem tivemos a grande estréia de Marte em Áries e a possibilidade de nossos projetos, dentro de um calendário bem planejado, poderem finalmente sair do papel.

domingo, 28 de junho de 2020

Torna-te aquilo que és


Diário da Astróloga: 28.06.20 | Estamos sempre esperando o melhor momento para nos tornarmos aquilo que somos. Mas, é justamente nos momentos mais desafiadores que a vida nos oferece essa chance.

sábado, 27 de junho de 2020

Dia de faxina


Diário da Astróloga: 27.06.20 | Quer presente celestial mais incrível que receber a incumbência de arrumar a própria casa neste sábado? Uauuu!

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Marte em Áries

Diário da Astróloga: 26.06.20 | Alguns diriam que já é possível ouvir o ronco dos motores. É que neste domingo (28.06), Marte entra no signo de Áries e fica até Janeiro de 2021. Nós viveremos os próximos SEIS MESES lutando as nossas batalhas enquanto pilotamos nossas vidas a 200 km/h. Preparados para essa aventura?

quinta-feira, 25 de junho de 2020

Adeus Vênus Retrô


Diário da Astróloga: 25.06.20 | Nesta quinta-feira eu vejo estrelas cintilantes na minha bola de cristal, quiçá uma luz no fim do túnel. E não é, neste caso, um trem vindo em nossa direção. É de fato uma boa notícia, do reino de Afrodite!

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Jubas, unhas e dentes


Diário da Astróloga: 24.06.20 | Na temporada canceriana a família ganha mais relevância. É como se os nossos núcleos originais, sobrenomes, histórias, memórias, amados e manias ganhassem a luz da nossa consciência e das nossas preocupações.

terça-feira, 23 de junho de 2020

Netuno Retrógrado


Diário da Astróloga: 23.06.20 | O alarde feito por cientistas e governos nos primeiros episódios da Covid-19 não foi superestimado. Estávamos de fato tratando de uma epidemia que tomaria contornos pandêmicos.

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Céu da Semana: 22.06 28.06


Diário da Astróloga: 22.06.20 | Aberta a temporada para o plantio. Com a Lua Nova em Câncer inicia-se uma nova lunação e a oportunidade de semearmos o que queremos colher em breve, na Lua Cheia em Capricórnio em duas semanas.

domingo, 21 de junho de 2020

Um Eclipse no meu Walkman


Diário da Astróloga: 21.06.20 | O Eclipse? Nós perdemos! Pelo menos grande parte de nós. A Lua começou a esconder o Sol nesta madrugada, por volta das 2h da manhã, chegando ao seu ápice às 3h40, enquanto a maioria dos brasileiros dormia profundamente, no primeiro dia do Inverno com o Solstício.

sábado, 20 de junho de 2020

O signo de Câncer


Diário da Astróloga: 20.06.20 | A paisagem se transforma ao nosso redor. Hoje é o primeiro dia de inverno no Hemisfério Sul, enquanto no Hemisfério Norte é o primeiro dia do verão ou o solstício, marcado pela entrada do Sol no signo de Câncer (de 20.06 a 22.07). 

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Eclipse e Apocalipse


Diário da Astróloga: 19.06.20 | Meus caros! O céu destes tempos não está para amadores. Na agenda para o "fim do mundo" cada dia nos reserva uma surpresa. Nesta quinta, além dos meus aparelhos tecnológicos terem pifado com Mercúrio Retrógrado, notícias mais importantes foram manchetes nos jornais.