quarta-feira, 21 de março de 2012

Caros leitores...

De hoje até o final do mês de maio estarei ausente. Como jornalista vou ao continente africano fazer uma série de reportagens, o que inviabiliza a minha dedicação ao blog, às vezes devido a poucos recursos tecnológicos disponíveis, principalmente em locais mais remotos. Agradeço a compreensão e desejo a todos um feliz ano novo astrológico que se inicia hoje, com a entrada do Sol na constelação de Áries, o primeiro signo do zodíaco. Este ano será regido pelo "planeta" Lua, cujos temas maternidade, nascimento, criança, casa, lar, alimentação, aconchego, emoção e compreensão serão os principais. Pois que tenhamos um 2012 de renascimento e fartura, tomados do amor da mãe que protege e do ineditismo da criança que se aventura, redescobrindo esse mundo, dentro ou fora de nós!
Até a volta!
Com carinho
Aline Maccari

terça-feira, 20 de março de 2012

Sol e Lua em Peixes

Feliz último dia do ano astrológico com Sol e Lua em Peixes. Amanhã será novíssimo com Sol em Áries!

segunda-feira, 19 de março de 2012

Lua em Aquário

A segunda-feira começa com Lua em Aquário e a possibilidade de trabalharmos muito bem em equipe.

Urano no signo de Áries

O mundo nasce quando o Céu e a Terra se casam. Na mitologia grega, base para o entendimento do oráculo astrológico, Urano (Céu) e Gaia (Terra) se unem e dão origem ao mundo com seus 12 filhotes: os Titãns, as Titanesas, os Cíclopes e os Hecatônquiros (mostros com 50 cabeças e 100 braços). Esta “ninhada” representava as forças violentas da natureza como os terremotos e os vulcões, cataclismos que marcaram essa fase de nascimento do nosso planeta.

Estamos prestes a ver um novo mundo nascer. Urano acaba de entrar no primeiro dos signos, Áries, fazendo recomeçar um novo ciclo de 84 anos.
Mas para tentar entender esse novo começo precisamos conhecer Urano. Sob o signo do recomeço ele ficará cerca de 7 anos e sua entrada logo nos primeiros graus da constelação de Áries já é anunciada nos jornais.
Rebeliões e guerras, a derrubada de governos tiranos no mundo árabe, terremotos e tsunamis no Japão, novas tecnologias surgindo e se popularizando, a busca por novas fontes de energia, aguadeiros sem fim no sul do Brasil, ameaças de uma explosão nuclear, milhares de pessoas sem casa, recomeçando a vida do zero e assim promovendo mudanças de consciência coletivas.
O planeta Urano foi descoberto em 1781, pelo astrônomo britânico William Herschel. Data próxima a outras revoluções como a Industrial, a Francesa e a Independência dos Estados Unidos. Sua última passagem pelo lugar onde se encontra atualmente foi em 1927.
Urano ficou conhecido por detonar desastres naturais em nome da liberdade, igualdade, fraternidade, verdade e justiça, porém de forma chocante e assombrosa. O planeta atua em dois níveis, o externo a nós (na sociedade, no planeta Terra) e em nossas vidas pessoais. Dentro de nós ele sugere idéias novas e originais promovendo súbitas mudanças de padrão de vida e de nível psicológico. Urano, planeta regente do signo de Aquário é independente e se manifesta de forma rebelde, agressiva, violenta, revoltada, excêntrica e quebrando tradições. Pode ser o novo rompendo com padrões antiquados. Alguns autores defendem que sua violência se dá apenas quando a mudança consciente é difícil, quando há resistência em compreender um novo movimento da vida. Mas como normalmente somos muito avessos a mudanças não há como viver uma experiência uraniana sem ver violência ao redor. Urano é inimigo de qualquer tipo de prisão, repressão, submissão, suscitando sentimentos de muita inquietação. Conjunções, quadraturas ou oposições de Urano a pontos delicados do mapa trazem a estas áreas um sentimento de despertar, como um raio de iluminação, dentro e fora do sujeito, no seu sentimento perante a vida, no ambiente ao seu redor, com o mundo.
Depois dele nada será o mesmo. Sua passagem representa uma virada de página. Em muitas pessoas esses lampejos de libertação acontecem por meio de rompimento com velhos padrões familiares, com o fim do casamento, com a busca por uma nova carreira ou por um novo emprego.
É como se o espírito, reprimido por tantas regras e obrigações se sentisse pronto para encarar um novo modelo de vida, ainda que ele não tenha a menor idéia do que isso possa representar para ele. Antes de tudo, é um sinal de coragem para ir para onde ainda não sabemos. É como trocar o certo pelo duvidoso e pagando pra ver! Para os místicos Urano é a voz de Deus, é uma intuição poderosa, a liberação espiritual ou um rebelde divino. Ele é desprovido de materialismos, preconceitos e medos. É o gênio e também pode ser o louco. É um grande lampejo de consciência quando entendemos que a chegada dele nos permite entender as relações humanas não através do óbvio, mas das relações arquetípicas, como se finalmente enxergássemos por detrás do espelho e entendêssemos o que se passa do outro lado, o lado de lá, onde moram as respostas para nossas perguntas.

(No filme Comer, Rezar e Amar, a protagonista, com aproximadamente 42 anos, dá uma virada em sua história de vida e recomeça com novos referenciais de felicidade.)

Com Urano deixamos de enxergar a vida assim ou assado, mas assim e assado, diminuindo o dualismo e enriquecendo a percepção. A casa que recebe Urano no mapa natal mostra o tema da vida do sujeito que enfrentará mudanças. É neste assunto que a pessoa irá agir de forma súbita, libertária e original ou fora do comum. Neste momento, Urano encontra não só os arianos, mas a todos nós enquanto humanidade. E não só agora, mas quando completamos 21, 42, 63 e 84 anos de idade.

Aline Maccari

*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.


sexta-feira, 16 de março de 2012

Lua em Capricórnio

Dia de Lua minguante no signo de Capricórnio formando conjunção com Plutão: "O propósito da poda é melhorar a qualidade das rosas, não ferir a roseira." Florence Littauer

quinta-feira, 15 de março de 2012

No alto da montanha

A quinta-feira começa com a Lua minguando no signo de Capricórnio. Um período de quietude que durará sete dias e que pedirá de nós mais calma, passividade e percepção. Afinal o que precisava ser consagrado já teve sua vez da Lua Cheia em Virgem para cá. Agora é tempo de encerramento, fechamento de projetos, idéias, acordos e de reflexão sobre tudo o que aconteceu nos últimos dias. Um momento muito propício à paz já que os últimos dias foram tão agitados, cheio de grandes começos ou mesmo finais marcantes, na vida profissional e nos relacionamentos amorosos. Capricórnio é o caprino que mora no alto da montanha. Que atingiu seu melhor lugar com muito esforço e por lá descansa perto do céu, não gratuitamente perto da espiritualidade. O bode com rabo de peixe é tinhoso, trabalhador, conquistador e em sua melhor versão dedica suas vitórias ao invisível que sempre esteve ao seu lado. Assim, hoje também é dia de agradecer às pessoas que nos ajudaram nos últimos dias ou que vem nos preparando há meses para viradas importantes que certamente estão acontecendo. Muito dessa movimentação se dá graças à incrível conjunção entre os planetas chamados benéficos: Vênus e Júpiter.
No signo de Touro, a deusa do amor, da beleza e do bem estar juntamente com o deus da sorte e da expansão, estimulam e fazem sair do papel oportunidades de emprego, projetos com possibilidades reais de ganho financeiro, e ainda incentivam a vida amorosa e os relacionamentos que tem real consistência e sentimentos verdadeiros. Durante o dia a Lua Minguante em Capricórnio se encontra com Plutão, deus de profundidade. O que pode nos fazer oscilar entre a introspecção e a melancolia. Um estado de ser quase condenável na nossa cultura que pede a expansividade e o riso fácil a toda hora. No entanto, desse encontro interior e silencioso consigo mesmo poderão nascer percepções importantes que amigo nenhum poderia ajudá-lo a conquistar. Assim, ao contrário da tagarelice, tentemos exercitar hoje os nossos diálogos interiores.
Aline Maccari

Clique no link para ver e ouvir versão animada da Noturno, Opus 9, nº 2 de Frederic Chopin.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Os Deuses olímpicos e o Deus cristão.

Algumas pessoas me perguntam se astrologia é religião. Não é! É uma forma antiga de entender o mundo segundo a mitologia dos deuses da Grécia antiga. Naquela época Mercúrio, Saturno, Netuno ou Júpiter eram entendidos, vividos e reverenciados de acordo com suas simbologias nos rituais diários da população. Quando se desejava um relacionamento amoroso Vênus era agraciada com oferendas. Quando se pretendia vencer a guerra Marte era chamado. Quando se despediam do mundo era Plutão quem os levava para o outro lado. Com a evolução histórica do pensamento filosófico-religioso, esses deuses deram lugar a apenas Um que resumiria a força, o poder e a sabedoria de todos eles reunidos e além deles. O mapa astral, diagrama de todas as entidades antigas que nos habitam, é visto como um oráculo que pode prever o futuro em suas revoluções cíclicas, trazendo entendimento, ordem e lógica ao caos da vida. Portanto o estudo do mapa não pode ser entendido de forma fragmentada, dividido em casas, signos, planetas e aspectos. Não somos o somatório de uma Vênus Aquário ou um Marte em Leão.
Somos o círculo como um todo, o espelho da mais perfeita forma concebida, com a cruz ao centro, à imagem e semelhança dos céus e de Deus. Quando se entende o mapa em sua integridade vê-se o próprio Deus interior refletido ao centro. E a busca pelo caminho passa por entender o mapa e vivê-lo, se aprimorando a cada dia, não para ser o que não encontramos nele ou para irmos em busca de suas eternas faltas. Mas para ser a sua melhor versão, da forma como é. Se existem posições desafiadoras ou não apresentadas no mapa astral é assim que ele é. E desta forma deve ser entendido e vivido. Sem fugas ou distrações, mas com amor, foco e dedicação. Como uma meditação nos lembrando de quem somos diariamente. Assim Deus está na astrologia. Apesar de não ser religião.
Aline Maccari

*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

terça-feira, 13 de março de 2012

El dia de los vivos

Depois do dia de los muertos se sucede naturalmente el dia de los vivos. Os que estiverem respirando certamente irão comemorar uma forte retomada de fôlego e a chegada de novas oportunidades. Quem enterrou os ossos da velharia, do que falia ou não correspondia consigo ontem pode levantar a cabeça hoje e seguir otimista, porque o céu de terça e quarta nos presenteia com Lua em Sagitário, aquela regida por Júpiter, deus da expansão, do sucesso e da fartura. Também conhecido na mitologia grega por Zeus, o deus do Olimpo, Júpiter é principalmente o senhor do impossível, e não porque trabalhe para isso ou se esforce, mas porque é o abençoado pela vida e o que parece pesado ou amarrado, nas mãos deles ganha leveza, naturalidade engraçada, exagero e multiplicação fértil.
No entanto, hoje em especial, a Lua sagitariana esbarra em ângulos espinhosos com Sol em Peixes e Marte retrógrado em Virgem. O que pode nos deixar um tanto mal humorados pela manhã, com a sensação de que o trabalho não está rendendo ou que alguma etapa do serviço deve ser revisto. Mas, como a Lua em Sagitário também forma trígono com Mercúrio e Urano em Áries, o dia pede diligência, agilidade e perspicácia. Hoje pode haver um momento oportuno para apresentar aquele projeto pelo qual tem tanta estima e nele enxerga tanto futuro. Exibir-se, falar de suas idéias criativas e soluções originais pode render melhor posição no quadro de funcionários ou no aumento do limite de gastos do cartão de crédito. Em caso de dificuldades o anoitecer poderá amenizar tensões e otimizar estudos, viagens, contatos com amigos ou buscas mais interiores. Sendo assim, aproveitemos o dia!
Aline Maccari

Clique no link para assistir Foster The People em Waste.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

segunda-feira, 12 de março de 2012

El dia de los muertos

Desde que a Vênus, entrou em Touro, o primeiro signo de Terra, nosso entendimento, nossas crenças e certezas sobre o que venha a ser um relacionamento amoroso estão se tornando mais sérias. Há muitos meses a Deusa do Amor passeava por signos libertários, sonhadores e apaixonados. Levitava com o coração na boca, sem tocar os pés no chão. Mas agora, em terra firme, ela se torna realista. E pede compromisso e consistência. Perguntas do tipo "QUEM ESTÁ AO MEU LADO?", "PARA ONDE VAMOS JUNTOS?" ou "O QUE ESTAMOS CONSTRUINDO?" serão comuns neste período de reorganização, principalmente com Saturno, o regulador, na casa dos relacionamentos, Libra, até meados do próximo semestre.
No entanto, com a atual conjunção entre Vênus e Júpiter, a oportunidade de expandir os relacionamentos sólidos é grande. Como se a partir de agora pudessem andar a passos largos, enxergar mais longe e adentrar etapas mais sérias e comprometidas com a vida a dois. E com a peneira fina da verdade, característica da Lua Cheia em Virgem, do final da última semana, nada que não fosse íntegro não passaria para a fase seguinte. Ou seja, para quem terminou relacionamentos essa foi uma decisão bastante acertada. E para quem continuou, o fez também de forma legítima. Desde ontem, domingo, a Lua em Escorpião que paira no céu, tem ajudado a enterrar os defuntos que por ventura ficaram no meio do caminho. Uma Lua que é sempre de morte, de passagem. E que pode fazer doer, arder, latejar. Mas nada que não seja compatível com o tamanho da decisão e ainda suportável. Hoje pode não ser um dia fácil, onde mandaremos vários cadáveres para o outro lado. Do lado de cá sobrará a chance de um novo começo.
Aline Maccari

Clique no link para assistir Foster The Peolpe em Pumped Up Kicks.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Maras, Budas e as provações de uma Lua Cheia

O processo da Lua Cheia em Virgem desta quinta-feira foi tão intenso e catártico que não poderia passar ao dia seguinte sem falar dele. Quando a emoção do nosso planeta se volta de forma concentrada para o segundo signo de Terra, o dia nos abençoam com limpeza, organização, lavação, desintoxicação e até revelação de informações importantíssimas para o prosseguir da caminhada. Ontem em especial, com a Lua Cheia em conjunção com Marte, o Deus da Guerra, o dia foi excepcionalmente agitado, raivoso, nervoso, acelerado. Como quando sonhei que a terra pegou fogo. Trabalho e saúde foram os temas principais, os assuntos da casa de Virgem. Assim, propostas profissionais saíram do papel com a incrível força propulsora do Deus da Ação. O que é uma notícia de bem-aventurança. Doenças foram reveladas sem dó, nem piedade. Os casais brigaram, se desencontraram. As famílias se distanciaram. E quem era menino teve de correr para ficar logo grande e enxergar a vida de um ponto mais alto que lhe conferisse melhor visão e compreensão dos fatos. Aí espichou e amadureceu. Talvez meus olhos estivessem viciados. Como quando procuramos alguém de laranja numa festa e só o que vemos são vestidos da cor da fruta. Mas enfim, vi!
E o eixo Peixes - Virgem que trata de purificação e transcendência beneficiou de forma especial a quem percebeu que o ponto de partida era o próprio EU. Não um EU egoísta, mas um que se aproveitasse de algumas dessas experiências mais dolorosas para virar gente, ser um ser humano melhor. Porque apesar de sempre desejarmos ambientes férteis, às vezes são nos áridos, com dificuldades, amarrações, desafios e falta de recursos que a alma, diferentemente das plantas, encontra promessa de melhor florada. É quando encontramos os capetas (Mara) pelo caminho e ao invés de apedrejá-los nós os agradecemos. No final podemos até dizer que eram todos Budas disfarçados, nos revelando o caminho a partir de provações, ensinando a lotus a nascer da lama. A sexta e o sábado seguem com a Lua em Libra, durante algum tempo ainda em oposição a Mercúrio em Áries e também conjunção com Saturno, nos pedindo calma com as palavras. De resto segue macio.
Aline Maccari

Clique no link para assistir ao trecho do filme O Pequeno Buda, de Bernardo Bertolucci, em que ele se salva das tentações de Mara e alcança o despertar. Um filme que merece ser visto e revisto.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Lua Cheia em Virgem

De um lado o Sol em Peixes, do outro a Lua em Virgem. Assim se faz a Lua Cheia, opondo a razão solar à sensibilidade lunar ou procurando um equilíbrio entre ambos. A questão é que Peixes não é racional, mas sentimental. E Virgem é prático e sistemático. O segredo de viver bem essa fase mora na manutenção de um humor estável quanto aos assuntos deste eixo: limpeza, purificação, dever, intuição, super sensibilidade e transcendência.

Aline Maccari

Com cuidado e amor

No céu de hoje uma maravilha de encontro nos presenteia cá em baixo. É o grande triângulo formado entre a Lua Cheia em Virgem, Vênus em Touro e Plutão em Capricórnio. Uma aliança que alcança os três signos de Terra, nos fazendo lembrar de todas as associações relativas a esse elemento, como: matéria, corpo, comida, saúde, trabalho, dinheiro, estética, sensorialidade, sensualidade, gula, sexo e preguiça. Um dia que começa com os desafios propostos pelo provocante planeta Plutão, o senhor das profundezas do nosso ser, falando de renovação profissional, social e estrutural. Este é um tempo de transformações lentas, porém contínuas.
Um processo lento que busca como fim um tipo de cura para os equívocos do roteiro de vida que nós nos propusemos levar. E associado a dois planetas sentimentais como a Lua e Vênus hoje, as mudanças ou pelo menos suas perspectivas, tornam-se mais próximas e fáceis de serem resolvidas. Como se esses planetas dessem o apoio emocional suficiente para encararmos o desafio do dia com mais doçura. A Lua Cheia em Virgem continuará, assim como ontem, no processo de "lavação", limpando e organizando a casa, o trabalho, a saúde, a família e o namoro, que por ventura estejam desbotados, empoeirados, sujos ou fora do lugar. No entanto, em aliança com a Vênus em Touro, os temas trabalho e amor nos pedirão mais atenção.
Tudo o que precisamos saber é que para enfrentar o dia contaremos com o impulso da aliança feminina entre os dois planetas mais yin do sistema, a Lua, Rainha das emoções e humores, e a Vênus, deusa dos relacionamentos. Assim, ao resolver qualquer situação poderemos usar da compreensão, da receptividade e do acolhimento que esses planetas oferecem tão bem. As soluções de hoje não estarão necessariamente nas palavras de uma conversa amiga, mas na simplicidade de uma expressão ou um olhar. Um gesto até ingênuo de compreensão e tão infalível que até os bichos poderiam entender.
Aline Maccari

Clique para assistir o Ratinho do Rá Tim Bum tomando banho.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

quarta-feira, 7 de março de 2012

Dia de lavanderia

Desde que Mercúrio, o planeta da comunicação, se engraçou com Urano, o rebelde, no signo de Áries, a vontade de dizer uma verdades mora na ponta da língua. A questão é que palavra mal empregada pode doer mais que um tapa. E quem não sabe disso? Todos já cortamos ou fomos cortados por esse canivete mal amolado. Um machucado que demora a sarar. E que toda vez em que é lembrado lateja como dia em que foi feito, como se o tempo não tivesse transcorrido. Hoje é dia de Lua Cheia em Virgem. E o signo, que é regido pelo próprio planeta Mercúrio, nos fará usar dessa mesma tática novamente. Assim, quarta e quinta serão dias de lavanderia: de aparar arestas de propostas mal estabelecidas, clarear manchas em amizades antigas, desbotar amores falidos, tirar aquela conversa encardida do molho, sair do banho maria. Virgem é a melhor faxineira do zodíaco e em dia de Lua Cheia, Lua madura e segura, a limpeza e a manutenção das relações poderá se dar de forma eficiente. O objetivo é passar para a fase seguinte, a Lua em Libra, a Lua do amor, de forma mais clara e cristalina. Mas cuidado! Como a Lua de hoje está em oposição a Netuno, planeta que deturpa a visão, e Quiron, a ferida que não cicatriza, será preciso usar a calma e o amor da Vênus em Touro para não maltratar o outro mais ainda. A Lua de hoje fala também de saúde e trabalho. Há quem acredite que o corpo é capaz de aguentar a quase tudo, se expondo a uma postura preguiçosa durante horas a fio numa poltrona de escritório. Que a vista suporta sempre o constante desfoque e o estômago, o mesmo ranger todos os dias, horas após o período do almoço. Quem se submete a tais desconfortos com frequência precisa estar alerta! O corpo não é máquina. E o conserto custa caro. Um corpo bem tratado é capaz de produzir com muito mais eficiência e dignidade. Sem falar nos efeitos que só o futuro é capaz de apontar. Cuidando com carinho é possível ter quase tudo para sempre.
Aline Maccari

Link: http://www.youtube.com/watch?v=mTSXjgs0kYU
Clique no link para assistir Clementina de Jesus cantando "Ensaboa mulata ensaboa..."

*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da

terça-feira, 6 de março de 2012

Proativa X Psicótica

Em março do ano passado, Urano, planeta das revoluções, entrou no signo de Áries, e por lá ficará pelos próximos 7 anos. Sua volta ao primeiro signo do zodíaco significa um novo momento para a Terra, onde a força de sua presença arquetípica pode ser sentida nos desdobramentos da chamada Primavera Árabe, por exemplo. Em Áries, o início da roda zodiacal, Urano recomeça a contar a nossa história, reformulando sistemas injustos, trazendo transformações políticas, inovações tecnológicas, novos sistemas de aprendizado, intuições surpreendentes e em muitos momentos fazendo tudo isso de forma brusca e violenta, como pede o primeiro signo de Fogo, Áries, também conhecido como o Deus da Guerra. Desde a tarde de ontem estamos sob a influência de um grande encontro planetário nos céus. Mercúrio, o Mensageiros dos Deuses, também entrou em Áries e se encontra em conjunção perfeita com Urano. Assim, os próximos dias nos reservam bastante ansiedade, atropelos, fobias e até medos. Pode haver grande atividade mental, um jorro de criatividade, muita rapidez e agilidade ao encontrar respostas para problemas antigos e de fato solucioná-los. Proatividade, ímpeto de realização, vontade, desejo e paixão por ideais ou até trambiques em nome de uma falsa liberdade também pairam entre nós.
Em quadratura com Plutão em Capricórnio, esse aspecto pode tratar de sistemas de governo, como nas eleições russas, com a vitória ardilosa de Vladimir Putin nas urnas. É um movimento que nos abraça enquanto coletivo, a nós cidadãos, mas passa também pela esfera do privado, nos tocando intimamente. Este é um momento de revelações, de novidades, de mensagens abruptas, notícias relâmpago. É tempo também de viajar, aprender, conhecer e desbravar, com toda a coragem que Áries inspira. Mas se por ventura aquele projeto ainda assim não sair do papel não se desespere. A conjunção Mercúrio - Urano também pode nos tomar de uma impaciência quase patológica. Ao tomar decisões será preciso calma para controlar tamanha fúria. No final do dia a Lua ingressa no signo de Virgem, tratando de saúde e trabalho. Esteja atento às necessidades do corpo e da mente que precisarão de descanso, e a propostas de trabalho que poderão revolucionar o cenário pessoal atual. Quanto mais nos agitamos, mais precisamos nos lembrar de nos tranquilizar. A melhor qualidade da conjunção no céu de hoje pode ser também uma armadilha para os afobados.
Aline Maccari

Clique no link para assistir Psicose de Alfred Hitchcock.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Trabalho e amor: Vênus em Touro

Quando um forte senso de responsabilidade profissional se mistura a oportunidades consistentes é sinal que a Vênus mudou de casa. A deusa da beleza, do amor e das artes acabou de adentrar a constelação de Touro, o primeiro signo do elemento Terra. No dia 9 de fevereiro ela entrou em Áries, trazendo fôlego, vitalidade e vontade para reiniciar um novo ciclo zodiacal. Agora ela está na casa do trabalho e dos nossos valores pessoais. Touro é um dos signos regidos pela própria Afrodite, assim, a deusa está se sentindo voltando para sua morada, ficando à vontade e confortável. Sua volta ao lar representa uma forte retomada de ânimo para os projetos profissionais. E algumas propostas aguardadas podem finalmente sair do papel. Se não for este o caso o período é ideal para promover essas mudanças, buscando oportunidades mais ousadas, que promovam ganhos financeiros maiores e tragam mais projeção à carreira. Saiba aproveitar as chances próximas sem medo ou preguiça. E enquanto a Vênus taurina trabalha, ela também se relaciona. Touro é signo de envolvimento sólido, duradouro e seguro. Nada de paixões carnavalescas que começam cheias de fogo e terminam com um balde d'água numa quarta-feira de cinzas. A palavra agora é estabilidade e segurança. E isso nós vamos querer promover em nossas vidas no ambiente profissional, no amor, em casa, com a família e os amigos.
A estréia da Vênus em Touro ressalta também o contato com o belo por meio das artes. É tempo de apreciar a beleza, de se cuidar, zelando pela nossa parte matéria, o corpo. Entre cuidados excessivos e gastos expansivos poderemos gastar um pouco demais. Estejamos atentos a um mês que é de produção e acumulação e não propício ao consumo inconsequente. Afinal a Vênus ainda está em oposição a Saturno, que nos alerta quanto a todas as manias e desejos desenfreados da deusa. Como se ela só pudesse ser presenteada com a abundância material e amorosa se soubesse cuidar de si mesma com responsabilidade. Uma lição um tanto difícil para o impulso de uma entidade tão desejosa. Para que tudo aconteça como sonha saiba planejar, organizar e até mesmo esperar o momento exato. Saindo da oposição a Saturno, e de suas lições de maturidade e integridade pessoais, a Vênus estará finalmente preparada para a abundância que se aproxima.
Aline Maccari

Clique no link para assistir ao clip da taurina Bebel Gilberto cantando So Nice.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Sonho e realização

Ninguém disse que sonhar acordado possa ser um problema. Aliás, é bem melhor que o façamos com os olhos bem abertos que de forma inconsciente. Esta é a mensagem da Lua em Gêmeos que faz aliança com Netuno e Saturno nesta sexta-feira. O signo de Gêmeos é regido pelo planeta Mercúrio que na mitologia grega é conhecido por Hermes. Em mês de Sol em Peixes, período de sonho e divagação, Hermes está em cartaz no cinema, o mundo onírico transformado em arte, na pele de Hugo Cabret, filme vencedor do diretor Martin Scorsese. Órfão dos pais e abandonado pelo tio, Hugo mora na estação de trem de Paris, onde dá manutenção diária aos imensos relógios. Sem recursos, ele sobrevive às custas de pequenos furtos, bom humor e muito jogo de cintura. Do alto do relógio tem uma visão privilegiada da central, e como bom observador nos conta sobre encontros amorosos e outras tantas histórias cotidianas típicas de um lugar de trânsito (local preferido de Mercúrio, o Deus Mensageiro).
Sem perspectivas, o pequeno Hermes sonha em ver um antigo boneco de corda do pai consertado. Entre o mundo de Netuno, cheio de emoção, fantasia, possibilidades e o universo soturno, adulto e restritivo de Saturno (o Senhor do Tempo); entre as estruturas do boneco e as engrenagens dos relógios, ele alimenta uma esperança juvenil e, portanto cheia de fé, de um dia receber da máquina uma mensagem do pai falecido. A trama começa de fato quando Hugo encontra George Mèliés, o saturnino e fracassado vendedor de brinquedos da estação, outrora famoso cineasta do período ainda artesanal da sétima arte. Depois de tantas idas e vindas ambos se salvam da dura realidade, por meio das melhores qualidades deste trígono envolvendo Lua, Netuno e Saturno, emoção, sonho e trabalho.
Assim, a mensagem dos céus de hoje é a de que sonhar não é uma perda de tempo, mas uma solução, desde que saibamos conduzir a busca e a concretização de nossos desejos de forma madura e realista. Sábado e domingo se seguirão com Lua em Câncer, onde seremos tomados por uma emoção coletiva de pertencimento e poderemos nos sentir acolhidos em nossos melhores planos. Esta também é a Lua do infantil, da criança, da diversão. E com a entrada nesta manhã de Mercúrio no signo de Áries, o primeiro da roda zodiacal, nossa energia intelectual e inventiva se renova para por em prática qualquer plano audacioso que exiga de nós raciocínio, estratégia e flexibilidade. Assim como Hugo, que sejamos crianças o suficiente para sonhar e adultos o bastante para trabalhar pelo que queremos. Só quem teve um sonho realizado conhece seu sabor açucarado.
Aline Maccari

Clique no link para assistir ao trailer do filme A Invenção de Hugo Cabret.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Firme e flexível

Informações em quantidade inauguram o mês de março, o último do ano astrológico. Lembrando antes, que de fato o ano ainda não começou. Seu início se dará a partir do dia 21 quando Áries, o primeiro signo de fogo, ainda semente, rasgar a terra com força, receber os primeiros raios de sol, gotas de chuva e prometer vingar, dando início a uma nova história de vida. E o panorama astrológico, que antecede essa mega estréia, apresenta num primeiro momento um grande trígono entre os planetas Plutão, Júpiter e Marte (retrógrado), todos em signos de terra que tratam de trabalho, estabilidade, conquista, corpo, saúde e matéria. Assim, os planetas de poder, sorte e trabalho unem forças para promover um ano de empenho, dedicação e muita lida visando conquistas concretas. Para isso Marte em Virgem pedirá que tenhamos cuidado com a saúde e Plutão em Capricórnio nos ensinará, às vezes a duras penas que nós não somos as instituições nas quais trabalhamos.
Que se por ventura ela ruir, precisamos estar preparados para nos identificar com o ofício e não a marca da organização. Para isso, Júpiter em Touro nos ensinará a ter fé e pensamento positivo para continuar o percurso de 2012.
Hoje, em especial, uma quadratura poderosa risca o céu envolvendo Sol, Lua, Marte e Nodo Norte, todos em signos mutáveis. Traduzindo, tudo o que queremos conquistar, seja na vida pessoal ou profissional, deverá ser feito de forma mais fluida, com muito jogo de cintura, sabendo que no diálogo, na troca e no jeitinho tudo pode ser conduzido à resolução. Essa grande aliança é típica de fim de ciclo e envolve os signos Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes. É nessa época em que percebemos o que plantamos e nos preparamos para o próximo ano que chegará em breve.
Assim, inspirados por eles podemos ser mais versáteis, comunicativos, intuitivos, adaptáveis às circunstâncias e por isso até mais simpáticos e dóceis. Por outro lado a grande quadratura de hoje também sugere comportamentos inconscientes, imaturos e indignos de confiança. Vênus em Áries formando oposição a Saturno em Libra pede ainda que não forcemos a barra. Para os relacionamentos amorosos é tempo de seriedade, zelo e cautela. Assim como o bambu precisaremos manter uma conduta consistente, firme, porém flexíveis.

Aline Maccari

Clique para assistir ao Walk off the Earth tocando e cantando From Me To You dos Beatles. Versatilidade é a qualidade mais marcante do grupo. As fotos acima são da Catedral de Bambu em Pereira, na Colômbia.
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.