quarta-feira, 29 de abril de 2015

E aí? Tem alguém te escutando?

Conteúdo extraído integralmente de: http://www.updateordie.com/2015/04/29/e-ai-tem-alguem-te-escutando/.
Uma reflexão sobre mídia, redes sociais, monólogos, solidão, super exposição e dessensibilização. 




Acompanhei seis apresentações nos dois dias do Festival Path. Em três destes painéis (isto tem acento?), um assunto foi recorrente: estamos participando de monólogos. Muitas vezes, falando sozinhos. Quem levantou a bola foi a ótima Ana Holanda, editora-chefe da (eficiente) revista Vida Simples, no painel“Escrita afetuosa e registros em primeira pessoa”. A missão dela no Path era explicar como podemos espalhar ideias, informar e ajudar a refletir (no caso dela, tendo uma revista…no nosso, apenas escutando). Além de manter a revista só com assinantes, sem publicidade, o que é praticamente impossível no mundo editorial de hoje, Ana mostrou a receita do sucesso da publicação: escutar os seus leitores. “Compreender o outro não é prerrogativa do jornalismo. É prerrogativa da vida. Precisamos entender o que os outros estão sentindo”, lembrou.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

O destino

O que não enfrentamos em nós mesmos acabaremos encontrando como destino”. C. G. Jung

Quando não sabemos o que determinadas partes de nós desejam, quando não as ouvimos ou atendemos, podemos nos tornar joguetes dos desejos  de "um outro" delegando a nossa sorte ao destino. Por isso é tão fácil atribuir culpa aos astros. Tudo o que vemos no mapa são planetas. E se os planetas são nossos arquétipos traduzido na foto do céu no momento do nosso nascimento, nada existe além de nós mesmos como ponto de partida de qualquer relação com o mundo.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

"Eu tinha um cão negro. Seu nome era DEPRESSÃO"

O filme "O cão negro" trata da depressão e suas consequências. Assista o filme completo no site.
Manter uma mentira emocional pode ser muito exaustivo. Reconhecer que se precisa de ajuda e de fato recorrer a ela pode ser o primeiro e melhor passo dado em direção de uma vida melhor. A nuvem negra do sofrimento psíquico pode não ter cura, mas tem controle.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Vênus em Gêmeos

Em tempos desafiadores que pelo menos o amor seja leve. Ou não? Que seja duplo. E se for triplo? Uma Vênus em Gêmeos tem duas cabeças e pode enxergar o amor de formas diversas. Cena do filme A Insustentável Leveza do Ser.
De 11 de abril a 7 de maio de 2015 a Vênus, deusa do amor, da beleza e das artes ingressa em Gêmeos, o primeiro signo de ar. Momentos de leveza e diversão nos esperam principalmente no romance. Nessa seara, a bela lida de forma delicada e gentil. Em muitas momentos podemos nos sentir tentados muito mais a uma boa conversa que a trocas físicas. É que a Vênus em Gêmeos não troca um bom papo por nada neste mundo. 

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Face a face com Jung

Face a face: entrevista com Carl Jung, o pai da psicologia analítica. Assista no site o documentário completo.
Carl Jung foi talvez o único estudioso da alma humana na contemporaneidade que se apropriou da astrologia em seus estudos psicológicos com profundidade e respeito. Muitos flertaram com ela, mas poucos tiveram a ousadia de levá-la a sério e inclusive de se utilizar da astrologia como estudo complementar. Isso porque a psicologia analítica e a astrologia têm em comum os arquétipos, os tipos psicológicos antigos que nasceram junto com a mitologia. Todos falam de Jung, e na maioria das vezes de uma forma bastante superficial.