quarta-feira, 23 de setembro de 2020

A diplomacia libriana

Diálogo da Astróloga: 23.09.20 | Na temporada libriana uma das lições mais importantes que podemos aprender com este signo é sobre a diplomacia. Em sentido amplo e popular, a diplomacia seria a habilidade de conduzir as relações e solucionar problemas, sendo provavelmente a maneira mais civilizada de fazê-lo. De maneira diplomáticas somos capazes de ouvir o outro, sem abafá-lo e sem ser abafado por ele, encontrando um denominador comum. Em uma situação de negociação diplomática, os desejos são colocados sobre a mesa e geralmente a saída aponta para a solução mais equilibrada possível. Em alguma medida, a diplomacia é a própria balança.
Esta pode ser uma habilidade comum das relações do dia a dia, seja entre marido e mulher, pais e filhos, patrões e empregados. Mas é mais amplamente conhecida como a "ciência das relações internacionais", a serviço da representação dos interesses entre países estrangeiros. Fato é que aqueles que são naturalmente diplomático em suas relações mais cotidianas, certamente o serão quando precisarem negociar com gigantes. Por isso a diplomacia poderia começar dentro de casa.

Ontem, no primeiro dia da temporada libriana, sincronicamente, tivemos a oportunidade de acompanhar os discursos de alguns dos líderes mundiais na Assembleia Geral da ONU. Como dito na segunda-feira, com Mercúrio, o deus mensageiro, emparedado por Marte e Plutão, o resultado não poderia ser diferente: descalabros, pressões, auto propaganda, ameaças e invenções. Mas em se tratando de extrair o melhor das experiências humanas para que possamos aprender algo com elas, acredito que valha ressaltar o discurso de António Guterres. Em pleno 2020 é mais que óbvio que poderíamos esperar da parte do Secretário Geral da ONU um discurso equilibrado e histórico. Mas, acredito que para além da sensatez e da natural diplomacia de Guterres, seu discurso nos coloca diante da pior realidade dos últimos tempos, da maneira mais justa possível. Em poucos minutos, Guterres conseguiu sintetizar a problemática atual, mostrando que os dramas que estamos enfrentando se sobrepõe em camadas, o que torna tudo MUITO mais complexo. "A maior tensão geopolítica em anos", "uma crise climática sem precedentes", "a crescente desconfiança global", "o lado nefasto do mundo digital" e a "pandemia que surgiu das sombras" são cenários que se entrelaçam e se potencializam, segundo ele. E "a Covid não é apenas uma alerta para o despertar, mas um ensaio para os desafios que virão". Crítico com relação aos populismos e nacionalismos, Guterres falou sem rodeios sobre como tais "posturas diante do vírus só pioraram a situação". E finaliza seu discurso enfatizando a necessidade premente de se evitar uma Nova Guerra Fria, pois "o mundo não suportaria."
O português António Guterres, de 71 anos, com Sol conjunto à Vênus em Touro, Ascendente em Capricórnio e Meio do Céu em Libra, talvez fosse a pessoa mais indicada no momento para fazer o mundo ouvir o resumo de seu próprio karma. Ele próprio, em seu mapa pessoal pode estar passando por um dos momentos mais desafiadores de sua carreira à frente do organismo, como nunca antes tão criticado. Apesar disso, Guterres não se eximiu do que precisava ser dito e cobrou o equilíbrio de que tanto precisamos para sair dessa. Quem teve ouvidos para ouvir... bem! Como alguns poderiam pensar, a diplomacia não se resume a evitar o atrito ou fugir dos problemas, mas encará-los com diálogo, calma, firmeza e ponderação. O impacto desta habilidade libriana pode por vezes ser muito mais certeiro que a ponta de uma lança ariana.
Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana

CRÉDITOS:  Foto de António Guterres na Assembleia Geral da ONU em 2020. Achei interessante o gesto de Guterres com as mãos em equilíbrio, na mesma posição, como uma balança, embora posicionadas de maneira enfática. 


Diário da Astróloga: 23.09.20 | Temos muito o que falar de Libra na sua temporada, entre qualidades e defeitos. Mas uma lição da Balança é valiosa: a diplomacia. E talvez um recorte da atualidade, por ocasião da Assembleia Geral da ONU, que acontece esta semana, possamos compreender este princípio e saber como ele pode nos ajudar em nossas vidas. Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa 


CRÉDITOS:  A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento #símbolo |    #diplomacia  #libra #primavera  #signodelibra #relacionamento #assembleiageraldaonu #AGNU #relaçõesinternacionais #diplomata #ONU #discurso #balança #equilíbrio #guerrafria #EUA #china #trump #xijinping #antonioguterres 

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentindo, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.

Um comentário :

  1. Boa noite, durma bem. Que o Céu nos guie e que o Amor nos transforme. :)

    ResponderExcluir