quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Sol oposto a Netuno

Diário da Astróloga: 10.09.20 | No céu desta quinta-feira o Sol em Virgem forma uma oposição a Netuno em Peixes. Acredito que este efeito já esteja sendo sentido há mais dias. Mas a precisão deste cabo de guerra se dá exatamente entre hoje e sábado. Sob este aspecto importante temos a consciência solar virginiana desafiada pela inconsciência netuniana em Peixes, o que soa praticamente como uma redundância, imaginando que Netuno é a própria mente inconsciente. Neste jogo de forças podemos falar de engano, ilusão, fuga da realidade, fantasia, irrealidade, mas também de religiões, refugidos, encarcerados, exilados e excluídos de um modo geral.
Sob esta configuração, algumas notícias podem passar desapercebidas porque são "importantes demais" e outras porque são "importantes de menos".

Nesta quarta-feira, o maior campo de refugiados da Grécia, mas que poderia ser em qualquer lugar do mundo, pegou fogo e mais de 10 mil pessoas ficaram desabrigadas. O acampamento em Lesbos estava quatro vezes acima de sua capacidade de abrigamento e pode ter sido incendiado de maneira intencional. As autoridades estão trabalhando com a hipótese de um atentado xenófobo e portanto criminoso. O local se tornou alvo de preocupação porque concentrava um número considerável de refugiados contaminados pela Covid-19. A questão é que num ambiente superlotado como este torna-se uma missão quase impossível manter a higiene e o distanciamento social necessários para o controle da doença. Fato é que estamos todos passando por este dramático 2020 e estamos todos preocupados com as nossas vidas. Mas há pessoas que estão em condições muitíssimo mais desafiadoras, como refugiados, moradores de rua, prostitutas, exilados, crianças órfãs, doentes mentais, idosos sem famílias, indígenas.... e tantos outros e que não contam com a ajuda do poder público, mas tão pouco com a nossa empatia. Em dias como esses, os excluídos saltam aos nossos olhos e se não fizermos nada é como se estivemos assumindo a desumanidade que existe em nós. 
Pessoas em situação de vulnerabilidade social precisam de ajuda e não é dever constitucional nosso, classe média, salvá-los de suas condições de penúria. Mas é dever moral nosso, classe média, tratá-los com humanidade. Às vezes um simples cumprimento, um olho no olho com honestidade é o suficiente para estabelecer uma relação de igualdade, proximidade e atenção. O que os vulneráveis precisam antes de mais nada é saírem da sua invisibilidade. Até porque são tantos, principalmente nas ruas do Brasil, que quem insistir em mantê-los invisíveis estará corroborando com um jogo social sádico. Se você encontrar com uma dessas pessoas nas ruas ofereça-lhe a sua decência. O reconhecimento de sua própria humanidade e cidadania é do que mais precisam os excluídos. 

Saindo dos excluídos e entrando na esfera dos incluídos, neste marcante dia de Sol em Virgem oposto a Netuno, é na data de hoje que se dará a troca de ministros do Supremo Tribunal Federal, a côrte máxima do Brasil. Sai Dias Toffoli e entra Luís Fux. O cargo de Ministro do Supremo é um dos mais importantes da nação, pois entre inúmeras privilégios, mas também atribuições, é ele quem irá escolher os casos que serão julgados pela côrte, mas também engavetar os casos que serão "esquecidos" pela côrte. Segundo a professora Eloisa Machado de Almeida, da Fundação Getúlio Vargas, o biênio de Toffolli foi marcado pelo acuamento do Ministro pelo Planalto. E a gestão Fux poderá ser marcada por um alinhamento com a presidência, embora Fux se diga fervoroso defensor da Democracia. Tendo o céu de hoje as qualidade que podem impactar sua gestão pelos próximos dois anos, a presidência de Fux poderá ser marcada pelas idiossincrasias destes desafetos planetários que sugerem tirania e opressão. 

Diante de um céu de notícias que mostram mas não contam, contam mas não revelam, que consigamos utilizar o melhor da intuição netuniana para percebermos o que está para além do óbvio. E que diante do visível ou do invisível, que o céu nos guie e o amor ao próximo nos transforme.
Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
CRÉDITOS: Banco de imagens. Acima o palácio do Supremo Tribunal Federal em Brasília, na Praça dos Três Poderes. E abaixo a imagem do campo de refugiado de Lesbos queimado e destruído pelo incêndio criminoso contra os refugiados.


Diário da Astróloga: 10.09.20 | Sol em Virgem em oposição a Netuno em Peixes sugere equívoco, ilusão, inconsciência. Mas também lida com os excluídos. No vídeo de hoje falo disso tudo e também dos incluídos. Que o céu nos guie e que o amor pelo próximo nos transforme. Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa 


CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento | #epidemia #coronavírus #covid19  #pandemia #quarentena | #marteretrógrado #solopostoanetuno #refugiados #exilados #excluídos #humanidade #cidadania #netuno #ajudahumanitária #diastoffoli #luisfux #STF #supremo #posse #ministro

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentindo, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.


Nenhum comentário :

Postar um comentário