terça-feira, 7 de julho de 2020

Plutão: sorrateiro e invisível

Diário da Astróloga: 07.07.20 | Não há deus mais temido e ao mesmo tempo desconhecido dentre os olímpicos que o deus das trevas. Plutão para os romanos e Hades para os gregos, o deus dos subterrâneos tem na astrologia o poder da morte e do renascimento. Portanto, Plutão é a entidade que governa "os infernos", ou seja tudo o que está debaixo da terra: os mortos, as sementes, o ouro, o nióbio, os diamantes, o petróleo e a nossa mente inconsciente individual e coletiva. Segundo o professor de mitologia Junito de Souza Brandão, durante as primeiras batalhas na Terra, Plutão ganhou como aparato de defesa um capacete que o tornava invisível, tal qual um super herói ou vilão, com a habilidade de transitar por qualquer lugar sem ser notado. Por isso "o tenebroso" Plutão também é tão temido, pois é difícil antever quando ele irá agir.
A ação de Plutão na história é muito lenta. Mas, por onde passa ele transforma radicalmente o cenário. Em Capricórnio desde 2008, ele transforma os nossos recursos, impacta nas economias e negócios e consequentemente na política. Até 2023 em Capricórnio, Plutão irá levar as nossas riquezas, sejam elas materiais ou espirituais até "os infernos", para que em nós, nas nossas vidas, nas sociedades e no mundo se completem ciclos de mortes e renascimentos. E então deste ciclo uma nova sociedade deverá brotar, como uma nova geração e segundo uma lei natural da vida.
De 18.06 a 10.07 Plutão continuará em sua missão, no entanto unido a Júpiter, o Grande. De modo que toda ação de Plutão poderá ser potencializada ao lado do "seu irmão". E talvez pudéssemos compreender isso como um dos momentos mais impactantes da ação de Plutão sobre nós. A questão é que da última vez em que esteve conjunto, este planeta agiu sem que ninguém os visse, justamente por causa do capacete de Plutão que o torna invisível, e foi justamente quando teve início a epidemia de Coronavírus na China. De modo que da mesma maneira agora, neste momento, Plutão pode estar agindo de maneira sorrateira sem que nenhum de nós tenha a dimensão de sua ação. Plutão e Júpiter neste momento podem estar tramando às escondidas sobre os usos dos recursos da Terra, sobre as riquezas de países e pessoas, governos e desgovernos. Neste exato momento há algo acontecendo e que não somos capazes de ver, exatamente da mesma maneira que algo acontecia por volta de Agosto de 2019, numa cidadezinha chamada Wuhan, da qual nós nunca ouvimos falar.
As ações sorrateiras e invisíveis de Plutão são geralmente acompanhadas por um silêncio estranho, uma calmaria suspeita, um ar denso. Para quem gosta de filmes de terror e suspense este é um momento ímpar, como o instante que antecede o ataque de um tubarão. Agora avisados, que estejamos atentos aos minutos que precedem ao "golpe". Só não se esqueça de respeitar os sinais de alerta.
Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana

Até 10 de Julho Plutão estará unido a Júpiter. A última vez em Plutão se uniu a um outro grande planeta, no segundo semestre de 2019, surgiram os primeiros casos de Covid na China. Quando esses caras grandões se juntam, coisas imensas acontecem, mas nós não conseguimos ver por causa do Capacete de Plutão. A pergunta é: O que está acontecendo neste momento que eu não estou vendo? Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
Nos vemos no canal da Astróloga no Youtube. 
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa

CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #previsão #autoconhecimento #epidemia #coronavírus #covid19  #pandemia #quarentena |  #planetasretrógrados #fakenews #mercúrioretrógrado #coronavirusbrasil #golpe #ditadura #economia #amazonia #petróleo #nióbio #plutão #hades #cinema #shark #spilberg

2 comentários :