domingo, 12 de abril de 2020

Uma data simbólica chamada Páscoa


Diário da Astróloga: 12.04.20 | Na antiguidade as mais variadas culturas firmaram um pacto com seus "deuses". E em troca da redenção de seus pecados para consigo e com os outros, eles deveriam participar de uma série de rituais repletos de simbolismo para que tais "pecados" fossem transmutados.
O começo, meio e fim de cada uma dessas encenações coletivas e também psicológicas tinham um propósito específico que com o tempo foi esquecido. Com o passar dos séculos, tomados pelas ocupações da vida, a população resolveu clamar as bênçãos dos céus usando um bode expiatório.
Os sacrifícios animais tinham o propósito de eliminar os carmas de toda uma comunidade simbolicamente concentrados em um único animal. O sangue de um bode, carneiro, vaca ou cavalo puro representaria o sangue de todos os impuros ali presentes. Até que em Jerusalém, um cara chamado Jesus Cristo sentiu profundamente em seu coração uma coisa chamada hipocrisia coletiva.
Ninguém se redimia verdadeiramente e os amigos bichos é que pagavam o pato. Numa trajetória de 33 anos aproximadamente, ele provou que tudo aquilo não passava de um enorme engano e que essas e outras tantas atitudes equivocadas poderiam levar a humanidade para o brejo. Usando o próprio corpo como exemplo, ele se deixou ser crucificado e limpou todos os nossos pecados, mostrando que as nossas atitudes em vida tem consequências individuais e coletivas intransferíveis e em muitos momentos nefastas. Ele queria dizer com isso que cada um de nós, muito mais que o bode, precisa morrer simbolicamente, encontrar nossas sombras, viver nossos infernos pessoais, para que possamos então renascer como seres humanos e sociedade. E que a salvação está no comprometimento com o coração, o amor, o outro e não na capacidade econômica de adquirir da mais bela vaca para o abate sacrificial. De forma que esta passagem, segundo JC, tem um significado muito mais profundo e simbólico. E que se a morte real ou simbólica não abarcar esta sutil compreensão, a experiência da vida humana na Terra poderá ter sido em vão.

O feriado da Páscoa acontece sob o Sol em Áries. O signo, representado pelo carneiro nos remete não só ao animal, símbolo do sacrifício antigo, como à Era de Áries, marcada pela violência característica de seu planeta regente: Marte. Cristo, o jovem filho do céu, recém saído de seu Retorno de Saturno, foi o símbolo da chegada de uma nova era. É Ele quem nos apresenta a Era de Peixes, eis o símbolo do cristianismo. O feriado da Páscoa geralmente acontece ainda sob os efeitos da Lua Cheia, trazendo ao céu o par Sol e Lua como princípios da união entre as forças feminina e masculina, ativa e passiva, ying e yang, emocional e racional, consciente e inconsciente, prata e ouro. É sob tal completude que deveríamos compreender a lição deste "irmão-mestre". Mas, uma era depois, e talvez ainda não tenhamos compreendido sua lição mais simples. Ele disse qualquer coisa como "que o céu nos guie e o amor nos transforme", mesmo assim pouca gente entendeu. Dois mil anos depois... a Era de Aquário estreou e uma pandemia nos assola. Há JCs em cada UTI deste mundo, neste exato momento, nos ensinando o significado da morte. Será que precisamos de um novo e simbólico mensageiro para nos mostrar o óbvio? Ou veremos seu rosto refletido nos milhares que já se foram? CORONA é uma palavra de origem latina e significa COROA. E ela está sob a cabeça de todos nós agora, neste momento. Que o céu tenha piedade de nós!
Aline Maccari
Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
*Este texto foi publicado primeiramente no site: www.aastrologa.com.br


Nos vemos no canal da Astróloga no Youtube. 
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa

CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento #mensagem #epidemia #coronavírus #covid19  #pandemia #quarentena #luacheia #páscoa #eradeáries #eradepeixes #eradeaquário #papa #papafrancisco #ovodepáscoa #sacrifícioanimal #cristo #jesus #mortoscoronavírus #ressurreiçãos #religião #religiões #tolerânciareligiosa
____________________
*Assim na Terra como no Céu! A astrologia faz todo o sentido por que microcosmos e macrocosmos tem uma relação íntima entre si. O que acontece entre os astros, repercute simbolicamente em nossas vidas, todos os dias. Essa "psicologia antiga" funciona como uma verdadeira bússola nos orientando na nossa jornada. Para entender melhor a si mesmo entre em contato com A Astróloga pelo e-mail aastrologa@gmail.com  


Nenhum comentário :

Postar um comentário