quarta-feira, 15 de abril de 2020

Hora do adeus


Diário da Astróloga: 15.04.20 | Ainda há muito o que olhar para o mono tema do período e desvendá-lo. No céu, os planetas em Capricórnio insistem para que olhemos para eles e os compreendamos. O décimo signo do zodíaco é regido por Saturno. E é a mitologia de Saturno que nos revela alguns dos mistérios deste tempo, uma vez que os filhos de Capricórnio são por sua vez filhos de Saturno.

Diz-se que sob a era saturnina o mundo viveu a Idade do Ouro. A vida ia muito muito bem obrigado, com organização, ética, nada faltava sobre a face da Terra. Alguns estudiosos da mitologia dizem que este foi um período de paz reinante, sem grandes farturas, mas sem grandes catástrofes, um período de equilíbrio, por assim dizer. Até que Saturno, o deus do tempo, começou a mostrar o seu lado sombrio. Temendo perder o reino para os filhos mais jovens que poderiam sucedê-lo, Saturno decide devorar um a um até que não sobrasse mais possíveis sucessores. O que pode ser lido como uma profunda intransigência do rei, que nunca mais admitiu outras opiniões além das suas próprias, ainda que estas não fosse mais as mais adequadas. Até que a intransigência se transformou em tirania, diria Reia, sua esposa. Como nós sabemos que é o lado feminino da força que destrava de intolerâncias a momentos históricos, Reia tem um plano. Vários filhos haviam sido devorados pelo marido, no entanto, o mais jovem foi poupado. E ao invés entregar ao marido o filho recém nascido embrulhado numa manta, no caso Júpiter, Reia entregou uma pedra. A cena certamente foi titânica! Ao engolir uma pedra Saturno começou a regurgitar todos os filhos um a um. E então Júpiter assume de vez seu lugar no Olimpo, destronando o pai. E assim, trocando em miúdos, Reia e Júpiter salvam não apenas a família, mas a humanidade do desalmado rei. 
O que essa história nos diz é que Capricórnio precisava de fato reorganizar algumas coisas, reestruturar poderes, construir, fundar bases sociais, políticas e econômicas. Mas, agora, principalmente com Plutão a atravessá-lo é chegado o seu fim. Assim, precisamos "destronar" Saturno.
Na vida real isso se manifesta tanto na vida pública, quanto na vida privada. Estruturas econômicas e políticas devem ser eliminadas, pois o tempo do "tirano" chegou ao fim. E isso PODE acontecer desde a mudança dos sistemas financeiros à dissolução da União Européia. Mas, em nossas vidas pessoais não é diferente. Este tirano do dia a dia está em algumas estruturas familiares, nos valores que compartilhamos entre os nossos parentes, mas principalmente no poder do pai, lê-se também patriarcal, sobre nós. Assim, é tempo de eliminar as estruturas castradoras da nossa vida e da nossa psique. 
Esses dias atendi um rapaz que há tempos tem feito de tudo para dar continuidade ao legado dos seus. A família tem sobrenome de peso e seu destino, deveria ser segundo ele, o de dar continuidade ao negócio familiar. No entanto, por mais que o rapaz se esforce ele não consegue a chancela do pai. E jovem que está no ápice da sua capacidade criativa se vê castrado pela tradição familiar e suas exigências. Ele gostaria de desenvolver outras atividades, mas a família insiste que ele deva continuar a frente dos negócios. 
Os planetas que têm atravessado Capricórnio estão nos dizendo que precisamos deixar morrer algumas velhas estruturas familiares, às vezes o pai, o legado da família, princípios antigos, exigências de outros tempos, valores que já não tem mais serventia. A briga entre pais e filhos ou filhas e a ruptura entre eles é uma constante na mitologia e portanto na história e na psique humana. Já faz tempo que o céu tem nos anunciado este conflito entre titãs e ele precisa acontecer. Os filhos tem de ter confiança em si mesmos e sacrificar o pai em nome da continuação de seus projetos pessoais, uma geração deve suceder à outra, do contrário a tradição os devorará. Saturno precisa entender que o tempo passa, até para o deus do tempo... o tempo passa!
Nos mapas de todos nós os planetas do momento nos sinalizam algo que está enferrujado e que precisa acabar. Não é apenas a sociedade que está ruindo, mas também nossas famílias e nossas certezas. Escute a voz do destino e diga adeus a algo ou alguém. No céu desta quarta e quinta-feira a Lua em Aquário inspira à rebeldia, nos encorajando a rupturas necessárias.
Aline Maccari
Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
*Este texto foi publicado primeiramente no site: www.aastrologa.com.br
*A pintura de Saturno devorando os filhos é da pintora veneziana Giulia Elisabetta Lama (1681 - 1747). Eis uma das raras artistas mulheres daquele período. O simples ato de pintar para Giulia certamente era uma forma de matar o opressor patriarcado da época. Uma mulher a pintar tal imagem certamente foi libertador e transgressor. A Giulia rendo a minha admiração para esta mulher talentosa, sábia e ousada.



O mono tema do período ainda tem muito a nos dizer. A mitologia é como uma cebola que a gente descasca e a cada camada tem uma descoberta. O mito de Saturno está nas nossas vidas públicas e privadas. E compreender seus significamos mais profundos talvez possa nos trazer ainda algumas descobertas a respeito de nós mesmos. É tempo de dizer adeus a várias coisas. Bora virar essa página? Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana

Nos vemos no canal da Astróloga no Youtube. 
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa

CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento #mensagem #epidemia #coronavírus #covid19  #pandemia #quarentena #luaminguante #economiamundial #recessão #crisefinanceira #ditador  #uniãoeuropéia #tirano #crisemundial #saturno #chronos #retornodesaturno
____________________
*Assim na Terra como no Céu! A astrologia faz todo o sentido por que microcosmos e macrocosmos tem uma relação íntima entre si. O que acontece entre os astros, repercute simbolicamente em nossas vidas, todos os dias. Essa "psicologia antiga" funciona como uma verdadeira bússola nos orientando na nossa jornada. Para entender melhor a si mesmo entre em contato com A Astróloga pelo e-mail aastrologa@gmail.com  

Nenhum comentário :

Postar um comentário