quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Explosão em Beirute

Diário da Astróloga? 05.08.20 | A imagem de um cogumelo gigante. Uma explosão que nos lembra o ataque atômico ao Japão durante a Segunda Guerra Mundial. Um possível fim do mundo. Esta foi a cena que parou o planeta nesta terça-feira com o que aconteceu em Beirute, no Líbano. E para muito além das explicações dos especialistas, jornalistas ou autoridades é esta a imagem apocalíptica que paira nas nossas mentes conscientes e inconscientes. Racionalmente vem o desejo de encontrar ordem ao meio do caos, descobrir os porquês, investigar, noticiar, pesquisar, saber mais. Irracionalmente vem impressões, afetos, fantasias, paralelos e simbolismos referentes a guerras, extermínios e catástrofes que pontuam "o começo do fim". Em situações como a de ontem correm em paralelo duas percepções, uma real e uma imaginal e uma não é menor que a outra na nossa maneira de conceber o mundo.


O FATO: Até agora sabe-se pouco! Uma explosão de grande magnitude arrasou o porto de Beirute, capital do Líbano. O estrago pode ter afetado a dimensão de um bairro inteiro e para além dele. Até o presente momento forma contabilizados 100 óbitos e 4 mil feridos. A suspeita é de que a explosão tenha partido de um armazém que guardava cerca de 3 mil toneladas de nitrato de amônio, um fertilizante que pode ser explosivo se exposto a altas temperaturas. O episódio acontece no momento em que o Líbano passa por uma de suas maiores crises sociais, econômicas e políticas. A lira libanesa está desvalorizada em 80% e o poder de compra da população despencou. Com a pandemia de coronavírus a situação se tornou ainda mais grave. Muitas pessoas perderam seus empregos, foram morar nas ruas e estão passando fome. Segundo estudiosos não está a descartada a possibilidade de atentado, uma vez que o Líbano já passou por várias guerras, conflitos e outros episódios de atentados violentos em outros momentos de sua história. Mas até agora nenhum grupo assumiu a autoria da explosão, o que leva a crer até o presente momento que o episódio foi um acidente.

PARA A ASTROLOGIA: Dentro de uma perspectiva astrológica uma explosão já havia sido prevista como já descrito em textos e vídeos anteriores. No céu, posicionamentos planetários nos falavam de um episódio com tais características. Sol em aspecto desafiador com Urano nos fala de algo súbito, acidentes, reviravoltas. Marte em Áries em tensão com Júpiter potencializa o fogo, o conflito, a guerra e sugere explosões. A Lua Cheia em Aquário seria como um "botão vermelho" que seria acionado para que toda essa configuração se materializasse no plano terrestre, uma vez que em Aquário estamos também falando de acidentes. Mas, mais importante que todas as configurações astrológicas menores que adivertiam sobre este episódio, são as configurações maiores em Capricórnio que nos falam de um cenário macro, envolvendo populações, política, economia e sociedade. E foi por meio da explosão de ontem que muitos de nós tomaram conhecimento da gravíssima situação atual do Líbano, para muito além da explosão, obviamente muitíssimo agravada com o acontecimento. Com a entrada hoje de Mercúrio, o deus da comunicação, em Leão (05.08 a 19.08) há a possibilidade do episódio ter sua autoria reclamada por algum grupo. Mas, também de alguns líderes se consternarem com a situação do país e ajudá-lo, sob as vibrações mais nobres de Leão. Se este tiver sido um episódio promovido por razões políticas, certamente abrirá margem para conflitos de grande magnitude que poderão desestabilizar toda a região. O que seria a pior das notícias para um ano já tão sofrido. Se tiver sido um acidente, teremos compreendido a obviedade do que o céu nos traz: a necessidade urgente de ajuda humanitária a mais um povo que vem pagando caro pelas decisões equivocadas de seus governantes, uma das marcas dos maléficos em Capricórnio. Ao povo libanês ofereço minha solidariedade em qualquer das situações. E que diante de qualquer das realidades possíveis, que o céu nos guie e o amor nos transforme. Que a explosão de Beirute nos faça atinar para fragilidade da vida humana e a necessidade de uma união planetária e não para nos paralisarmos diante da TV e do medo, embotados em nosso próprio egoísmo.
Aline Maccari
Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
CRÉDITOS: Foto extraída da internet, de autor desconhecido até o momento desta publicação.

A Explosão em Beirute será sem dúvida uma das cenas que ficará marcada em nossas memórias neste 2020. O céu já sugeria um episódio explosivo. Mas, para além das previsões, de que outras maneiras podemos compreender este episódio? No vídeo de hoje faço uma leitura possível, levando em consideração a astrologia, a psicologia, a notícia e o inconsciente coletivo. Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
Nos vemos no canal da Astróloga no Youtube. 
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa

CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #previsão #autoconhecimento | #epidemia #coronavírus #covid19  #pandemia #quarentena |  #luacheia #luacheiaemaquário #explosãonolíbano #explosãoembeirute #atentado #catástrofe #guerra #conflito #pânico #ajudahumanitária #solidariedade #egoísmo #autruísmo #beirute #líbano

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentindo, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.

Nenhum comentário :

Postar um comentário