sábado, 21 de março de 2020

Guerra de Sombras


É guerra? Não! É Pandemia! Segundo o jornalista e sociólogo Demétrio Magnoli, que tanto admiro, a palavra guerra é totalmente inadequada para o ser empregada nesses tempos, pois há uma série de imperativos que integram o cenário de guerra, os quais não estamos vivendo neste momento.
Para os políticos em vias de reeleição, como Trump ou Macron, a palavra guerra tem sido usada sem parcimônia, inclusive porque a promoção de um cenário de conflito naturalmente os projeta para um segundo mandato. Discordo dos políticos, concordo com Demétrio, mas em se tratando de linguagem  metafórica, que é a matéria prima da mitologia, da astrologia e da psicologia profunda, a palavra faz sim todo o sentido. E falar dela no primeiro dia do Sol em Áries inclusive nos ajuda a compreender o cenário atual. Ou seja, "Aqui na Terra estamos em guerra!", como diria Rita Lee.

O CÉU DO MOMENTO:
No céu de hoje uma série de movimentos astrais reverberam no planeta e trazem a possibilidade de novas reflexões. Neste dia 21 de março, SATURNO entra em AQUÁRIO, acontece o EQUINÓCIO, a entrada do SOL no primeiro signo zodiacal reiniciando sua jornada de 365 dias e portanto, o ANO NOVO ASTROLÓGICO.
Como a astrologia é um sistema baseado nas perspectivas simbólicas do Hemisfério Norte, faz todo o sentido imaginarmos que hoje se inicia a Primavera no mundo, ainda que para nós, no Hemisfério Sul, estejamos vivendo o início do Outono. Portanto, o período de três meses que começa hoje é o início natural do ciclo da vida. 

VÍRUS É VIDA?
E então vem a pergunta: VÍRUS É VIDA? Há controvérsias na comunidade científica quanto a esta possibilidade. Alguns cientistas acreditam que pelo fato do vírus não ter outra ação senão a parasitária, o vírus não é um ser vivo. No entanto, outros cientistas acreditam que sim, o vírus é um ser vivo, pois se multiplica, reproduzindo vida: a sua própria.
O que nos poderia levar a interpretar que sim, iniciou-se uma guerra, uma guerra que se vislumbra entre dois inimigos claros: nós humanos contra o vírus. Isso lhes parece absurdo? Bem... nós humanos somos o símbolo máximo da prepotência. Nós concebemos o mundo segundo nossos valores, padrões, tamanhos e medidas. Mas, na natureza, há uma série de outras vidas que possuem realidades próprias, independentemente da nossa existência. O que me leva a crer que diante dos fatos, podemos sim estar diante de uma guerra entre seres vivos, de dimensões diferentes, com propósitos e armas diferentes. Assim, no primeiro dia do Ano Novo Zodiacal com a entrada do Sol em Áries, o signo da guerra, o conflito me parece claro. Mas se compreendermos a carga arquetípica desta PRIMAVERA, talvez tenhamos boas armas para combater o inimigo, pelo menos neste período.

ÁRIES: TENHA CALMA E EMPATIA! (21.03 a 21.04)
Pelos próximos 30 dias viveremos o ciclo ariano. Em Áries podemos viver o momento mais intenso do conflito. Áries, o deus da guerra, é o corajoso, aquele que vai para o combate com toda sua coragem, força, garra, liderança, suas melhores armas. Em Áries há um senso de dever, uma batalha a vencer. Na Jornada do Herói de Joseph Campbell todos temos um ciclo heroico a viver e um destino a cumprir, entre identificar o inimigo e eliminá-lo, entra a batalha de uma vida e seu triunfo. Em Áries esta história ressoa fortemente. É como se estivéssemos vivendo o início de uma jornada heroica. E todos nós queremos a vitória, nada menos que isso. O que será um excelente impulso, em se tratando de comportamento coletivo. Pois que em Áries tenhamos a disposição de um soldado para ir para o fronte. No entanto, precisamos saber que guerra é essa. E sob a perspectiva da Psicologa Junguiana, talvez estejamos travando uma batalha sombria, uma GUERRA DE SOMBRAS, onde estamos lidando com algo oculto, dentro e fora de nós. É em momentos como este que o nosso autoconhecimento é posto a prova. Enclausurado em casa, tendo como espaço de combate o metro quadrado da varanda ou o quintal, menor que um tatame,  o expansivo Áries pouco pode fazer, além de conter sua energia impulsiva que pode voltar-se contra si mesmo. É exatamente por isso que deveríamos nos utilizar do oposto complementar dos signos para alcançarmos o equilíbrio nas nossas ações. O signo oposto e complementar de Áries é Libra. Quem sabe com a diplomacia, a empatia, o amor e a justiça da balança, Áries possa nos salvar.

TOURO: VIDA E MORTE ESTÃO EM NÓS! (21.04 a 22.05)
Da mesma maneira, quando entrarmos no mês de Touro, viveremos 30 dias em contato profundo com o trabalho, a família, protegendo-a, amando-a. Mas será a sabedoria de que a morte faz parte da guerra e da vida, tão introjetada em Escorpião, que fará Touro encontrar o equilíbrio que lhe falta para enxergar o mundo além do labirinto do Minotauro. É também no eixo Touro-Escorpião que tratamos dos nossos valores e dos valores dos outros. Poderá ser neste momento que compreenderemos a verdadeira dimensão humana e econômica desta tragédia, percebendo que as Primaveras tem começo, meio e fim.

GÊMEOS: COMPREENDA O TODO! (22.05 a 22.06)
E por fim, no mês de Gêmeos, o signo do psicopompo, o único "ser" capaz de transitar entre o céu e os "infernos" de Hades, entre os vivos e os mortos, com a ajuda do complementar Sagitário, compreenderemos com sabedoria a magnitude deste tempo e a força implacável do destino. Neste momento o que enxerga ao redor e o que enxerga longe, o jovem (Gêmeos) e o velho (Sagitário), o aqui e o lá, poderão ser um só. E o eixo poderá trazer uma mensagem importante, como um relato único e cheio de sentido sobre este período.

Que nesta Primavera possamos utilizar nossas melhores armas psicológicas e ferramentas espirituais, inclusive as que temos e ainda desconhecemos, para vencermos esta guerra. Que tenhamos a especial oportunidade de conhecermos nossas sombras (pessoais e coletivas) sem jamais sermos possuídos por elas. Uma guerra sombria é o maior dos desafios que podemos enfrentar, pois há muita energia envolvida, pouca consciência, obscurantismo e jogos de poder envolvidos, sejam em casa entre os casais ou entre as nações. No entanto, que o bem, o bom e o belo ou outra divina trindade de luz, vençam esta guerra. 
Aline Maccari
21.03.20


CONCEITO DE SOMBRA:
Para quem deseja compreender melhor o conceito de luz e sombra na obra de Carl Jung, utilizado por mim na interpretação da vida, eis o link abaixo. Talvez sua leitura possa lhe trazer mais compreensão sobre o termo, sobre si mesmo, sobre os outros e sobre o momento que estamos passando:
http://www.aastrologa.com.br/2019/02/luz-e-sombra-para-compreender-conceitos.html


Eventos astrológicos importantes acontecem entre 20 e 22 de março. Entre eles o Equinócio da Primavera, a entrada do Sol em Áries e consequentemente o Ano Novo Astrológico. Com o Sol no primeiro signo da roda zodiacal começamos um novo ciclo. Que nova história contamos a partir de hoje? Eis a jornada do herói! Aline Maccari *a propósito 1... ano novo, cenário novo! Espero que curtam!
*a propósito 2... tenho tido problemas com a internet. Deve ser pq o planeta inteiro está conectado na rede. A partir de amanhã o fluxo de conteúdo volta ao normal.
Uma boa noite a todos!

Nos vemos no canal da Astróloga no Youtube. 
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa

CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #céudodia #previsão #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento #frase #mensagem #epidemia #coronavírus
 #covid19 #economiamundial #pânico #pandemia #resseção  #quarentena #anonovoastrológico #equinóciodaprimavera #saturnoemaquário #anonovoastrológico #áries #solemáries #signodeáries
____________________
*Assim na Terra como no Céu! A astrologia faz todo o sentido por que microcosmos e macrocosmos tem uma relação íntima entre si. O que acontece entre os astros, repercute simbolicamente em nossas vidas, todos os dias. Essa "psicologia antiga" funciona como uma verdadeira bússola nos orientando na nossa jornada. Para entender melhor a si mesmo entre em contato com A Astróloga pelo e-mail aastrologa@gmail.com  


Nenhum comentário :

Postar um comentário