sábado, 28 de março de 2020

Amor em tempos de Covid


Diário da Astróloga: 28.03.20 | Quando tudo isso passar irão nos perguntar: "Com quem você passou a Pandemia de 2020?" Alguns eventos da história marcam a vida pública, mas também a vida privada. E certamente dentro de casa, num hotel ou numa favela os desafios são bastante diferentes, mas em se tratando do coração os dramas são os mesmos.

Alexandre é trabalhador humanitário, daqueles que lida no fronte, salvando vidas, cuidando dos refugiados, abrindo os olhos dos insensíveis, participando a seu modo de algum tipo de justiça humana. Ele jurava que agora, em plena pandemia, estaria na fronteira da Síria, vivendo os dramas lado a lado com os mais frágeis, mas não foi isso que aconteceu. Há algumas semanas ele foi chamado para ir a Genebra, na Suíça, para uma reunião na sede da organização em que trabalha e de lá não conseguiu mais voltar. Confinado num hotel ele entrou em contato comigo tentando entender que plano divino era aquele. Afinal, porque uma pessoa que tem todo o preparo para lidar com a situação atual foi levado ao confinamento involuntário pelo destino? Ele se perguntava dia e noite porque isso teria acontecido. Até que numa de nossas consultas ele trouxe um novo elemento para sua história. Alexandre conheceu uma moça que morava dois apartamentos abaixo e tem finalmente, depois de tantos anos sozinho, estado acompanhado. Com quem Alexandre passou a pandemia de 2020? Ele passou acompanhado da vizinha do quarto de hotel. Eis onde o destino o colocou. Finalmente agora meu querido, você vai cuidar de amar e ser amado!
O coração é um território que também tem vivido dias de portas e janelas fechadas. Confinados, há inúmeros casais pelo mundo vivendo "o amor em tempos de Covid". Uma espécie de provação cármica quanto ao valor e a validade deste sentimento. Nos tempos da minha avó dizia-se que para saber se alguém lhe amava de verdade era preciso "comer um quilo de sal juntos". O que a sabedoria antiga estava dizendo é que precisamos enfrentar desafios duros para saber se a pessoa que está ao seu lado está mesmo disposta a compartilhar a vida de verdade conosco. Nesses dias, estamos comendo sal como nunca. E essa quarentena vai ficar marcada como um divisor de águas também para os casais. Passar 24h ao lado de alguém é sem dúvida uma prova, de amor ou de desamor. Ninguém consegue ser outra pessoa, a não ser a si mesmo, depois de tantas horas juntos. Não há a quem enganar, não há para onde fugir. Entre quatro paredes as máscaras do dia a dia vão sumindo. As personas que inventamos já não fazem sentido. Os saltos altos vão ficando encostados no canto do armário, a gravata será esquecida no canto da gaveta e os moletons são os novos modelitos do jantar. Já não há como dizer que o trabalho lhe absorve o tempo todo, que não tem tempo para estarem juntos ou que se está com enxaquecas tantos dias seguidos. Já não dá mais pra mendigar likes nas redes sociais, pois ninguém mais aguenta selfs da cozinha, da sala ou da varanda. E se já não há mais o quê projetar na vida virtual, só sobra a vida real. Até a escapadela para visitar o amante ou a amante se tornou impossível. E quem se casou por status? E quem se casou por dinheiro? E quem se casou por comodismo? E quem se casou em busca de segurança? Que sorte de quem se casou por amor! Teremos que conviver com os nossos cônjuges "até que o fim da pandemia nos separe" ou não! 
O confinamento é uma prova de verdade. Os casais que estiverem de fato algo em comum e que se amarem, certamente transformarão este num tempo de fortalecimento da relação, de cuidado e proteção, respeito, onde valores mais profundos e genuínos deverão brotar e crescer. Situações como esta certamente deverão unir quem se ama, da mesma maneira que desunir quem achava que se amava. 
De Lisboa... ontem Filipa me contou aos sussurros, numa consulta por Skype, que ainda que esteja confinada com Ricardo, não para de pensar em outra pessoa. No céu deste final de semana Lua e Vênus em Touro nos farão refletir sobre o amor, querendo ou sem querer. Nada como um quilo de sal para colocar tudo no seu devido lugar.
Aline Maccari

Nos vemos no canal da Astróloga no Youtube. 
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa

CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento #mensagem #epidemia #coronavírus #covid19  #pandemia #quarentena #áries #solemáries #signodeáries #amor #casamento #relacionamento #divórcio #separação #crush #amoresexo #noivado #relação #amorverdadeiro
____________________
*Assim na Terra como no Céu! A astrologia faz todo o sentido por que microcosmos e macrocosmos tem uma relação íntima entre si. O que acontece entre os astros, repercute simbolicamente em nossas vidas, todos os dias. Essa "psicologia antiga" funciona como uma verdadeira bússola nos orientando na nossa jornada. Para entender melhor a si mesmo entre em contato com A Astróloga pelo e-mail aastrologa@gmail.com  

Nenhum comentário :

Postar um comentário