quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Meu corpo, minha paz

Os astros no céu às vezes se posicionam de maneira tão antagônica que é difícil entender. E se isso acontece simbolicamente dentro de nós, as ambivalências também estão fazendo parte do nosso comportamento pessoal e coletivo nesses dias. O que gera uma tremenda confusão, pois parece que ninguém sabe exatamente onde está metido ou que rumo tudo isso vai tomar. Um tempo caótico não só no mundo, na política nacional, mas também no trabalho e até nas relações de afeto. É como se essas energias adentrassem a qualquer tema e recinto, sem pedir permissão e exigindo de nós respostas urgentes.
Aliás, tem sido muito claro esse sentido de urgência. Lá em cima Marte em Aquário continua em aspecto tenso com Urano em Touro até sexta-feira. Uma perspectiva que trás confusão, discórdia, conflito, briga, necessidade de liberdade versus tirania, inovação versus seguranças, a sociedade versus grupos menores e a tecnologia entre isso tudo, uma vez que Aquário e Urano são "os caras" nesse cyber assunto. Esses planetes, em aspecto tenso, entram numa briga em dois minutos e não saem dela por nada. Mas, ao mesmo tempo, esse espírito rebelde e brigão está em aspecto harmonioso com Saturno, nos dizendo que apesar desse aparente caos há sim uma grande possibilidade de conseguirmos trazer significado e ordem para esse cenário apocalíptico se formos sérios, responsáveis, maduros e comprometidos. Nessa relação entre tensão de um lado e harmonia do outro, seria interessante percebermos o peso e a medida do que pensamos, falamos, verbalizamos e até publicamos, no sentido de "tornar público", principalmente em dias de Sol em conjunção com Mercúrio (deus da comunicação) em Virgem. Há uma frase antiga que traz uma verdade: "há três coisas que não voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida". Nessa chuva de flechas para todos os lados precisamos ter cautela com o que falamos, pois algumas palavras doem muito mais que uma bofetada e depois de pronunciadas fica a mágoa. E quem quer perder oportunidades em tempos de crise? Nesses dias com setas, palavras e boas chances voando para todos os lados, o melhor que temos a fazer é parar o tempo dentro de nós, respirar fundo,  isolar o caos externo, perceber as coisas reverberando dentro do corpo, sentindo, percebendo, para só depois oferecer respostas a tudo isso. Virgem nos lembra do corpo como veículo e é ele quem nos assenta e nos conecta com nossa verdade concreta e interior quando a mente e a boca não calam. O tempo não para, mas se puder durante o dia "pare o tempo". Nesse intervalo vamos controlando a ansiedade, reencontrando equilíbrio e instintivamente achando saídas.
Aline Maccari

*Assim na Terra como no Céu! A astrologia faz todo o sentido por que microcosmos e macrocosmos tem uma relação íntima entre si. O que acontece entre os astros, repercute simbolicamente em nossas vidas, todos os dias. Essa "psicologia antiga" funciona como uma verdadeira bússola nos orientando na nossa jornada. Para entender melhor a si mesmo entre em contato com A Astróloga pelo e-mail aastrologa@gmail.com  

* Os posts são publicados no blog "A Astróloga", no Facebook e no Instagram. Compartilhe preservando frases, fotos e vídeos propositalmente relacionados aos conteúdos, além de citar as fontes. 
* Aline Maccari é jornalista, cronista e astróloga, com pós graduação em psicologia junguiana. Para saber mais visite o blog www.aastróloga.com.br

Crédito: Arte de autor desconhecido até o momento desta publicação.
#aastróloga #astróloga #astrologia #storyteller  #xamã #mitologia #psicologia #mito #astros #xamã #signos  #autoconhecimento #brasília  #meditação #yoga #corpo #liguagemdocorpo #verdadedocorpo #eleições2018 #intolerência #caos #militâncianarede #militância #divergência #briga #paz #autocontrole #ansiedade #marteemaquário #luaemcapricórnio #respiração #calma #tempo


Nenhum comentário :

Postar um comentário