quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Cardeal, Fixo e Mutável: Sobre a quadruplicidade dos signos

Diário da Astróloga: 28.10.21 | Estes dias uma pessoa me perguntou: "O que é um signo fixo?"  Bem... já que estamos na Temporada Escorpiana e às vésperas de uma grande cruz ou grande quadratura no céu entre signos fixos, eis uma oportunidade de explicar uma das regra da astrologia: a quadruplicidade dos signos.

Os 12 signos da roda zodiacal podem ser compreendidos de várias maneiras. Juntamente com a psicologia junguiana, gosto de compreendê-los como os capítulos de uma narrativa evolutiva, do começo ao final da vida, num movimento espiral para o alto, que nunca termina. Portanto estaremos vivendo vários trechos das nossas histórias ao mesmo tempo. 
Podemos estar iniciando um novo trabalho e este pode ser um momento de Primavera em nossas carreiras. Mas, ao mesmo tempo, podemos estar finalizando um relacionamento amoroso, o que poderia ser interpretado como um Inverno no campo sentimental. Saber onde estamos é fundamental para aprendermos a lidar com os ciclos. E a astrologia é sobre isso: os ciclos dos planetas e dos acontecimentos em nossas vidas. 
E isso, sem nos esquecermos que como sistema, a astrologia é concebida no Hemisfério Norte e por isso é referenciada naquela parte do planeta. O que não interfere no seu modo de funcionamento SIMBÓLICO, independentemente de onde estivermos. Assim, os signos podem ser divididos em 3 grupos e a depender de suas qualidades de funcionamento eles podem ser cardiais ou cardinais, fixos e mutáveis.

SIGNOS CARDEAIS ou CARDINAIS
Cardeais são aqueles que iniciam as estações do ano, portanto são os que abrem novos capítulos na narrativa anual. Áries abre a Primavera, Câncer inicia o Verão, em Libra começa o Outono e em Capricórnio inicia-se o Inverno. Eles são os pontos cardeais da bússola: norte (Câncer), sul (Capricórnio), leste (Áries) e oeste (Libra). Estes 4 signos são os que guardam em si a potência dos começos, com garra, entusiasmo, ineditismo e ambição. Sem eles não há inícios. 


SIGNOS FIXOS
Os fixos são aqueles que vão trabalhar para fixar, dar continuidade, manutenção ao que foi iniciado. Eles são o meio estabelecido das estações do ano. Por isso são capazes, determinados, concentrados e realizadores de suas missões. Touro (Primavera), Leão (Verão), Escorpião (Outono) e Aquário (Inverno) são conhecidos pelos antigos egípcios como aqueles que constroem o planeta. Sem eles o mundo não para de pé.

SIGNOS MUTÁVEIS
Se os Cardeais iniciaram uma história e os Fixos trabalharam para construí-la, agora é a vez dos Mutáveis mudarem de direção para que outras histórias sejam iniciadas, erguidas e transformadas.
Gêmeos (Primavera), Virgem (Verão), Sagitário (Outono) e Peixes (Inverno) são o final das estações, a conclusão de narrativas e a ponte para uma nova história. Ao fim de Gêmeos estamos preparados para uma nova estação. Ao fim de Virgem estamos preparados para a segunda metade da roda zodiacal e sua fase social. Ao fim de Sagitário é tempo de migrar e tentar escapar do Inverno. Ao fim do inverno de Peixes é tempo de desencarnar e fundir-se ao universo. 
Por isso são adaptáveis, intuitivos, inconscientes, mas também passíveis de desconfiança, pois podem mudar a direção da história de maneira desconhecidas. 
Ao fim do Outono como será o Inverno? Entretanto, sem eles, a vida não sai do lugar.

E então os ciclos se reiniciam com os Cardeais que vão dar início ao novo capítulo de livros planetários, coletivos, familiares ou pessoais que só termina quando as Moiras, as deusas do destino, decidirem cortar o fio da vida!

E você? É dos inícios, dos meios ou das mudanças ? A depender da quantidade de signos que temos em cada uma dessas classificações saberemos se nossa missão é para dar início a novas histórias, construir algo ou mudar o rumo dos acontecimentos.

Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana





Diário da Astróloga 28.10.21: Cardeal, Fixo e Mutável. Eis uma das classificações básicas dos signos. E se soubermos como ela funciona, conseguimos compreender com mais clareza nossas histórias e mecanismos de funcionamento. E você? É dos começos, meios ou finais? Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa 

CRÉDITOS / CREDITS:   Banco de imagens.
#mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #autoconhecimento #céudasemana #previsão | #relacionamento  #escorpião #temporadaescorpiana   #MarteemEscorpião #cardeal #fixo #mutável #signofixo #signomutável #signocardeal #signocardinal #quadruplicidade #aulaastrologia #aprendendoastrologia #quatroestações 

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentindo, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.

Nenhum comentário :

Postar um comentário