quarta-feira, 11 de julho de 2018

A fé e os meninos

Os meninos da Tailândia finalmente foram resgatados da caverna. Um exercício de fé, uma história de ressurreição.
Vez por outra algumas histórias que aparecem na mídia são tomadas por todos nós, atravessando culturas. Nelas há a narrativa de um drama universal que nos toca inconscientemente. E de uma forma ou de outra revivemos essa emoção em nível coletivo. Das histórias mais antigas de todos os tempos que representam a vitória da vida sobre a morte está a de Orfeu resgatando Eurídice do reino de Hades, o mundo dos mortos.
Estudiosos dizem que a narrativa de ressurreição de Cristo seria uma releitura do drama órfico e que a própria mitologia cristã teria bebido das águas da mitologia grega nesse sentido, como se Cristo fosse herdeiro da saga de Orfeu. Ambos atravessaram o "lado de lá" e "voltaram". As tradições pagã e cristã estão no meio de nós e tudo que se pareça com esse momento áurea da história nos toca profundamente. A história dos 12 meninos (um número pra lá de interessante), presos no "reino de Hades" nos últimos dias foi acompanhada de perto pelo mundo inteiro. "São crianças e não mereciam estar naquela condição", "poderiam levar uma vida adulta saudável e feliz", enfim... havia um monte de apelos que nos tocavam, mas em nível mais profundo era a contação do processo de ressurreição que nos sensibilizava. O mundo acompanhou o resgate vidrado. As possibilidades eram inúmeras. Há poucos dias foi noticiado que eles poderiam ser resgatados em até 4 meses. Uma notícia que deixou a todos atônitos. Como seria possível ficarem mais uma estação naquele "inferno"? Mas, eis que no dia em que Júpiter, planeta da sorte, da fé na vida e em algo muito maior que nós mesmos volta ao seu movimento, saindo da retrogradação ("andando para trás"), todos são resgatados. Em Escorpião, Júpiter fala de fé no "renascimento após a morte", tema típico do signo, que tem como premissa o "morrer para renascer", ainda que de forma simbólica. Uma realidade psicológica que os escorpianos conhecem bem de perto. Numa relação fina entre a mecânica celeste e os eventos na Terra, o que acontece em cima reverbera em baixo. É como se um chamado mundial para um milagre fosse atendido, e nós reafirmássemos a nossa convicção de que há, de fato, algo maior cuidando de nós. Sem dúvida o movimento direto de Júpiter e o resgate dos meninos tailandeses foram as melhores notícias dos últimos dias. É como se no fundo os milagres tivessem data e hora para chegar!
Aline Maccari

Para fazer a análise do seu mapa astral e entender melhor as mudanças pelas quais você está passando basta entrar em contato para marcar uma consulta, pelo e-mail: aastrologa@gmail.com  Os posts são publicados diariamente no site da Astróloga, no Facebook e o Instagram. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: A ASTRÓLOGA
#astrologia #astrologo #astrologa #mitologia #psicologia #esotérico #mistério #arquétipo #coletivo #inconscientecoletivo #mapaastral #jung #signos #planetas  #zodíaco #júpiter #sorte #fé #faith #tayboys #garotostailandeses #caverna #hades #garotosnacaverna #moopa #tailand #ekapol #orfeu #cristo #ressurreição #renascimento #escorpião 

Nenhum comentário :

Postar um comentário