quarta-feira, 18 de julho de 2018

Deus te joga de um lado ao outro

Há uma frase incrível do poeta sufi Jalaludin Rumi que diz: "Deus te joga de um sentimento ao outro e te ensina por meio de opostos, de modo que terás duas asas para voar, não uma". Nessa quarta e quinta-feira com a Lua em Libra, essas palavras caem como uma luva se soubermos entendê-las e usá-las a nosso favor.
Libra é o signo das balanças, o primeiro a se dar conta plenamente do outro, aquele que tem dentro de si um propósito de vida ligado ao equilíbrio entre as dualidades, na intenção de tornar-se uno. Então não seria nada difícil encontrarmos por aí amigos librianos que não são nada equilibrados. Na verdade eles estão o tempo todo num exercício de equilíbrio dessas balanças. Quando a vida te joga de um lado ao outro, entre estar só e acompanhado, entre a saúde e a doença, a riqueza e a pobreza, o sucesso e o fracasso, o amor e o poder, ela está sendo didática, afinal só assim entenderíamos que toda realidade tem sua contra parte. E sem conhecermos o outro lado das coisas jamais saberemos o que queremos, o que somos ou para onde vamos. Mas não para por aí! A Lua desses dois dias ainda entra em tensão com Saturno em Capricórnio, o que poderá tornar ainda mais desafiador esse delicado equilíbrio. Chronos, como é chamado na mitologia grega, vem reforçar que é por contrastes que percebemos o que queremos. Negar em si uma parte e anular a outra, abafar a própria sombra em detrimento da própria luz, é um desequilíbrio. E como o próprio Carl Jung, pai da psicologia arquetípica nos ensina, ninguém chegará à individuação, sua consciência plena, se não se der conta de seu lado sombrio, aquele que geralmente desconhecemos, aquele lado da nossa personalidade que é tudo que queremos esconder. Então vamos parar com esse delírio infantil de ficarmos adorando as próprias virtudes, diria Saturno, por que quanto mais negarmos nossos defeitos, mais eles crescerão. Autoconhecimento envolve conhecer o melhor e o pior de si. Desconfie daqueles que dizem que o caminho é fácil, cheio de fórmulas prontas e iluminado. Se o mentalização de coisas boas funcionasse o mundo estaria salvo. Conhecer a si mesmo é exercício espiritual intenso e diário. Não por acaso e só pra fechar com redondinho, Rumi, esse grande poeta, profundo mestre do Islã e astrólogo, era do signo de Libra.
Aline Maccari

Para fazer a análise do seu mapa astral e entender melhor as mudanças pelas quais você está passando basta entrar em contato para marcar uma consulta, pelo e-mail: aastrologa@gmail.com  Os posts são publicados diariamente no site da Astróloga, no Facebook e o Instagram. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: A ASTRÓLOGA
#astrologia  #astrologa #mitologia #psicologia #mistério #arquétipo #inconscientecoletivo #mapaastral #signos #planetas #viagemturquia #trip #tripIstambul  #Rumi #sufi #jalaludinrumi #poesia #espiritualidade #saturno #mestre #xamã #conselho #signodelibra #balança #signodebalança #autoconhecimento #mestreespiritual #chronos

Nenhum comentário :

Postar um comentário