quinta-feira, 12 de julho de 2018

A maternidade e o eclipse

No céu, a MATERNIDADE é um dos assuntos mais importantes, especialmente hoje e amanhã, com a conjunção de Sol e Lua em Câncer, em oposição a Plutão. A mãe, a origem da vida, a nutrição, a proteção são temas do primeiro signo do elemento água. No entanto, em oposição a Plutão é como se esses mesmos assuntos precisassem ser revistos no âmago de suas verdades.
Com o Eclipse Solar, há uma tendência a ofuscarmos o Sol, o que seria como "diminuir" o Ego solar da mãe. Sim, mãe também tem Ego e dos grandes! Elas carregam consigo a fantasia de que vão salvar o mundo colocando os filhos de volta ao útero, para que nenhum deles jamais saia do "paraíso", evitando todas as experiências nefastas possíveis. Um comportamento que é muitíssimo valorizado em sociedade, afinal tem a ver com a própria sobrevivência, mas que como todos os outros tem seu lado luz e seu lado sombra. Júlia é uma dessas mães aflitas. Tendo vivido a maternidade muito cedo, ela cuida dos 4 filhos num malabarismo diário onde não há tempo algum para ela mesma. Ela passa dias, semanas, meses e anos salvando os filhos dos "perigos" da vida. Ser mãe, para Júlia e tantas outras, é como sentir o peso do mundo nas costas. E dias como o de hoje são um verdadeiro desespero, justamente por que ela deverá rever sua postura maternal e perceber que a "salvadora" não dá conta de tudo. Dias como o de hoje vêm para explicar para Júlia que o que é do outro é do outro. E que ela precisa, antes de se dividir em quatro, fazer um importantíssimo exercício de INTEIREZA. Pois é estando inteira que ela voltará para si e conseguirá se misturar a eles até um ponto saudável. A simbiose mãe e filho tem data para acabar, ela não pode ser infindável. É preciso que os filhos tomem para si a responsabilidade, para deixá-la livre e para viverem a plenitude da sua vida adulta. Júlia precisa deixar cada um dentro de sua própria bolha, com suas realidade, problemas, idiossincrasias, proteções divinas e destinos. Até por que deixá-los se virarem é algo muito didático. Eclipses não precisam ser nocivos. Quem sabe não são eles que salvam a MULHER que ainda há dentro delas. 
Aline Maccari

Para fazer a análise do seu mapa astral e entender melhor as mudanças pelas quais você está passando basta entrar em contato para marcar uma consulta, pelo e-mail: aastrologa@gmail.com  Os posts são publicados diariamente no site da Astróloga, no Facebook e o Instagram. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: A ASTRÓLOGA
#astrologia #astrologo #astrologa #mitologia #psicologia #esotérico #mistério #arquétipo #coletivo #inconscientecoletivo #mapaastral #jung #signos #planetas  #zodíaco #maternidade #eclipse #maternal #mãe #mother #crazymother #mãelouca #mãemaluca #mãedragão #proteção #nutrição #paranóia #mãechata #aculpaédamãe #jovemmãe #mãejovem #inteira #mulherselvagem #mom #mamis #eclipsesolar #plutão #comportamento

Nenhum comentário :

Postar um comentário