sexta-feira, 16 de outubro de 2020

A Lua Nova, a frustração e o reencantamento

Diário da Astróloga: 16.10.20 | Sobre nossas cabeças mais um dos momentos mais radicais do ano. Hoje a Lua se faz Nova em Libra e forma junto ao Sol, uma tensão com Marte Retrógrado em Áries e os planetas em Capricórnio. Uma formação que se traduz dentro e fora de nós de maneira conflituosa ao mesmo tempo medrosa, cheia de ansiedade e incertezas, nos desafiando nas várias áreas da vida. Mas é justamente em momentos como estes, com grandes quadraturas no céu que a existência também nos força a ver o que insistimos em não perceber. 

Partindo de uma percepção muito pessoal do mundo neste momento, pelo menos para mim e diante desta forte tensão como a que estamos atravessando, uma palavra-chave que me vem à mente: FRUSTRAÇÃO. Uma frustração histórica, objetiva e difusa, pessoal e coletiva. A frustração com as religiões que dessacralizaram as nossas experiências com o divino e já não trazem sentido às nossas vidas. A invenção do capitalismo e do socialismo, dois lados da mesma moeda, um como a sombra do outro, nos traíram. As ideologias que já não respondem mais o mundo complexo em que vivemos. E até a democracia, a possibilidade de uma convivência coletiva equânime, está sendo posta em cheque. A ciência, que tinha como função primeira nos livrar das intempéries da natureza e das crenças obscurantistas, nos garantindo imortalidade e vida noutros planetas, também se esvaziou de respostas e soluções. E quando começamos a nos reapaixonar pela natureza percebemos que talvez seja tarde demais para voltarmos para o paraíso. Até o casamento, em meio à descoberta do individualismo, nos frustrou. A pandemia só nos fez parar para olharmos ao redor e percebermos que talvez este seja o momento mais frustrante de todos os tempos. 

Diante deste eminente abismo em que nos encontramos, algumas reações são esperadas. Os otimistas são poucos, os negacionistas muitos e os subterfúgios e distrações são múltiplos. Do consumismo, à máxima artificialização estética, passando pelas mídias ao entorpecimento por drogas e medicamentos, nos anestesiam de nós mesmos. Quem de fato está a viver o momento presente encarando as suas  próprias frustrações? 

Mas diante das encruzilhadas do céu, entre Plutão e a pós modernidade, talvez haja uma saída. E não no futuro, mas no passado. Eis o que alguns estudiosos chamam na atualidade de "Reencantamento do Mundo", quando miramos as culturas, os rituais, o matriarcado, a mitologia, a astrologia, a poesia, o fantástico e o mágico. Sabedorias antigas que voltam a ganhar espaço na medida em que reascendem o sagrado em nós, apaziguam as nossas angústias interiores trazendo sentido, nos apontando a relação íntima com a vida que em algum momento perdemos.

Em dias como o de hoje penso que temos duas saídas possíveis: ou somos engolidos ou somos despertos! Os negacionistas estarão contribuindo para a criação de mais frustrações e os lúcidos deverão encará-las com mais coragem e determinação. Mas ao mesmo tempo em que os planetas nos desafiam, eles também esperam respostas de nós. E o propósito é sempre a evolução. Pois que utilizemos toda a nossa capacidade de nos reencantarmos com a vida novamente para dialogarmos com as nossas  frustrações e seguirmos em frente. Muito mais que dados e estatísticas, precisamos de experiências que despertem o sagrado e o sentido de reconexão em nós. Para dias como o de hoje, a historia da ave Fênix que renasce das cinzas, totalmente atrelada à narrativa de Plutão, é muito mais importante que qualquer racionalismo. Talvez assim possamos alçar novos voos.

Aline Maccari
Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana

CRÉDITOS: Foto de autor desconhecido até o momento desta publicação. Se você o identificar por favor nos avise para que possamos creditá-lo.





Diário da Astróloga: 16.10.20 | Num dos dias mais tensos do ano podemos falar sobre tudo! Os assuntos coletivos e individuais são importantes. A vida pública e a vida privada também. Mas para além disso é uma oportunidade para olharmos para esse 2020 de uma maneira mais abrangente. Frustração e reencantamento são por isso, os temas do vídeo de hoje. Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa 



CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento #céudasemana | #sombra  #mercúrioretrógrado  #superação #dignidade #garra #humildade #resiliência #depressão #ansiedade #pânico #forçainterior #grandequadratura #luanova #matriarcado #reencantamentodomundo #frustração

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentindo, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.


3 comentários :

  1. Nossa, Aline!!! Que verdade!!! Eu andei dialogando com meu esposo durante metade desse período pandêmico porque "revira e mexe" a gente tinha que aparar algumas arestas das nossas "opiniões" sobre os temas desse período e eu, um dia, disse que minha frustração estava no limite, abalando a admiração, o encantamento desses 15 anos de relacionamento e calar era necessário porque eu pensava seriamente numa ruptura...que choque pros dois...a decisão foi permanecer unidos, mas buscando alguns reparos...tomara que nós consigamos resistir até o fim! Me utilizando da sua premissa: "Que o amor nos transforme"! Gratidão pela partilha.

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso! Eu escolho o despertar e a verdade. O mundo sempre será desafiador e nós independentemente disso, teremos que dar sempre o nosso melhor e verdadeiro a ele. Não vamos ceder, vamos em frente. Obrigada, Aline, por compartilhar tanto com a gente.

    ResponderExcluir