segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Quando a conta chegar...

Dezembro começa alvoroçado! O G20, o encontro dos países mais ricos do mundo, que aconteceu na Argentina, um dos nossos vizinhos mais quebrados, não decola, mantém atritos e reconhece insucessos comerciais. A COP 24, o encontro do clima na Polônia, incentivou manifestações pelo mundo a favor de ações concretas que beneficiem o planeta, mas vários dirigentes continuam afirmando que o aquecimento global é um mito.
É simples, basta trocar uma ideia com um pinguim pra sentir do drama. Mas, alguns seguem negando o óbvio, comprometendo o futuro do planeta. A propósito, a COP 25 já não será mais no Brasil no ano que vem! Paris em chamas, vive os piores protestos populares desde 1968, afirmam os jornais, com reivindicações contra a alta dos combustíveis e impostos, multiplicando-se em outros descontentamentos e adeptos, desfigurando a capital mais civilizada do mundo. Parece que a entrada do Sol, Mercúrio e Júpiter em Sagitário, nos levou a extremos novamente, em várias partes do mundo. As leis, tema referente ao signo, precisam ser revistas e aprovadas. Aí a gente se pergunta: Será que o cenário vai melhorar? Com a entrada de Mercúrio, planeta das comunicações e Vênus, do amor, dos valores e da diplomacia, no signo de Escorpião, é possível que tudo piore, antes de encontrar seu caminho. Em Escorpião vamos novamente aos nossos "infernos", vamos bater os pés lá no fundo antes de subir. Sim! Quem achava que dezembro passaria doce e que o ano novo chegaria rapidamente com uma coroa de louros por termos atravessado um dos anos mais difíceis dos últimos tempos, engana-se. "Pra quê melhorar se a gente pode piorar?" Em Escorpião, ainda há muita sujeira que precisa vir à tona. E com Mercúrio retrógrado neste signo (de 06/12 a 12/12), as notícias nos jornais podem ser cada vez mais policialescas, densas e bombásticas. Com a Vênus passando por Escorpião outra vez (de 02/dez a 07/jan), a diplomacia, as artes, as negociações comerciais, as riquezas e os amores, serão vasculhados, analisados, revirados e expostos em suas feridas, até que "sare". Há alguns dias com Sol e Júpiter em Sagitário em aspecto tenso com Marte e Netuno em Peixes, ainda podemos ver e gerar muita confusão, uma vez que Netuno, o deus dos sonhos, provoca delírios e enganos. Ah se arrependimento matasse! Às 17:55h de hoje, horário de Brasília, a Lua entra em Escorpião, formando um trio (Lua, Mercúrio e Vênus), podendo trazer notícias duras. Algumas coisas ainda precisam "morrer", em 2018, antes de seguirmos para 2019. Tenho a sincera impressão de que o ano que vem será melhor!
Aline Maccari
__________________
*Assim na Terra como no Céu! A astrologia faz todo o sentido por que microcosmos e macrocosmos tem uma relação íntima entre si. O que acontece entre os astros, repercute simbolicamente em nossas vidas, todos os dias. Essa "psicologia antiga" funciona como uma verdadeira bússola nos orientando na nossa jornada. Para entender melhor a si mesmo entre em contato com A Astróloga pelo e-mail aastrologa@gmail.com  
* Os posts são publicados no site "A Astróloga", no Facebook e no Instagram. Compartilhe preservando frases, fotos e vídeos propositalmente relacionados aos conteúdos, além de citar as fontes. 
* Aline Maccari é jornalista, cronista e astróloga, com pós graduação em psicologia junguiana. Para saber mais visite o blog www.aastróloga.com.br

CRÉDITOS:Arte de Denise Nijland... que fez outras tantas com o mesmo tema "Aquecimento Global". Vale a pela conferir o trabalho dela.
#alinemaccari #aastróloga #astrologia #astral #storyteller #xamã #mitologia #mito #astros #signos #autoconhecimento #jung #sagitário #luaminguante #luanova #sagitário #escorpião #mercurioretrogrado #vênusemescorpião #sexo #cop25 #G20 #aquecimentoglobal #paris #globalwarming 

Nenhum comentário :

Postar um comentário