terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Marte e Plutão em Capricórnio

Diário da Astróloga: 22.02.22 | Em 25.01.22 falei sobre o grande encontro de Marte com Plutão em 2022. Marte entrou em Capricórnio em 24.01.22 e ficará até 06.03.22. 

O planeta vermelho tem um ciclo de cerca de 22 meses. Por isso costumamos dizer que ele dá uma volta completa ao redor do Sol a cada 2 anos, aproximadamente. 

A última vez que esteve neste mesmo posicionamento foi entre 16.02.20 e 20.03.20. E quando formou uma conjunção à época com Plutão e Saturno, a OMS anunciou a Pandemia. Ou seja, este não é um encontro banal, mas uma união que quando acontece, abala o mundo. 


CONJUNÇÃO ATUAL
Hoje, Marte está a 21º de Capricórnio e Plutão a 27º. E seu encontro já está se fazendo ouvir há dias com a crise na Ucrânia. Mas ontem, a situação ganhou outro tom com a notícia de que Vladimir Putin reconheceu as duas repúblicas rebeldes do Leste e enviou mais tropas para a região. Uma escalada que deve ganhar contornos ainda mais dramáticos com o passar dos dias e a aproximação dos planetas.

OS PLANETAS ENVOLVIDOS
Marte é o deus da ação e da guerra. Quando ele está em jogo, estamos falando de conflito, discórdia, tensão, violência e a mobilização de peças no tabuleiro. Em Capricórnio ele está exaltado, ou seja, funciona de maneira ainda mais calculada, precisa e ambiciosa. Plutão é deus de manipulação, ligado a questões ilícitas, riqueza, poder, morte e transformação. Juntos eles formam uma união com a força de uma bomba capaz de mudar realidades.

EM GUERRA
Guerra é o nome para este encontro explosivo. Embora tenhamos em nosso imaginário um cenário de trincheiras, repetido à exaustão nos filmes sobre a 2ª Guerra Mundial. Mas o mundo mudou. E podemos estar diante de novos formatos, como guerras de narrativas, ataques cibernéticos e a manipulação das notícias, das redes sociais e a opinião pública. 

Com Plutão em jogo, mais que nunca, coisas acontecem nos porões e na inconsciência. E são negociações que o público em geral não terá conhecimento, por muito tempo. Assim como em outras batalhas só tivemos notícias anos depois, como sobre as "armas de destruição em massa" que nunca foram uma realidade no Iraque. Ou seja, vamos especular e especular por agora. Mas só saberemos dos fatos, depois que isso tudo passar. 

VIDA COLETIVA
No mundo o que vemos é o agravamento das tensões. E como Plutão é deus de morte e renascimento há sim a possibilidade de uma transformação na configuração do mapa da Rússia, imaginando que Capricórnio é o 3º signo de terra, portanto nos fala de territórios. O desejo de Putin é antigo. O ex agente da KGB, com um proeminente Plutão em Leão na casa 10 do seu mapa natal, quer ser nada menos que o novo CZAR da Rússia. E agora, com a ex Primeira Ministra da Alemanha, Ângela Merkel, fora do cena, o frágil Joe Biden como presidente dos EUA e a monumental China como aliada, Putin está mais forte que nunca. Por isso, quanto mais Marte e Plutão se aproximarem, mais a situação pode ir aquecendo,  transformando realidades e reconfigurando mapas. E isso poderá acontecer especialmente entre 24.02.22 e 05.03.22, como eu havia dito em 25.01.22. E o quê a Europa e os EUA poderão fazer? Pouco! Quem se meterá com um adversário com o poderia tecnológico e bélico atômico da Rússia, com o apoio da China?

VIDA PESSOAL
Em nossas vidas pessoais um conflito desta magnitude tem repercussões diretas. O preço dos combustíveis, do dólar, inflação, invasões hacker com paralisações de sistemas serão situações com as quais qualquer um de nós poderá se deparar. Por isso, falar de vida coletiva é também falar de vida pessoal. 

Entretanto, em nossas vidas íntimas, Marte e Plutão conjuntos podem ter vários significados, entre eles a luta pela sobrevivência, o enfrentamento de uma dura realidade, a lida com uma situação de crueldade, a morte de um ente querido, destruição e reconstrução (como no caso das cidades afetadas por eventos relacionados a Mudanças Climáticas), eventos sombrios como abuso, tráfico, manipulação, estupro, pedofilia, injúria ou crime. Mas também procedimentos e cirurgias que possam mudar e curar o corpo. Ou terapias que possam transformar comportamentos e mentalidades.

Marte e Plutão são devastadores porque mudam o curso das histórias, sejam elas coletivas ou pessoais. Mas por mais que tudo pareça duríssimo enquanto ocorre, a imagem que me vem à mente é que depois que tudo passar, podemos imaginar uma verdadeira FÊNIX ressurgindo das cinzas. E TALVEZ seja assim para Putin e para você que enfrentará grande transformações por estes dias. Marte e Plutão conjuntos tem uma potência que muda destinos e contra "o que está escrito nas estrelas" é difícil mudar, mas é possível ressignificar.

*A propósito, que data! Hoje são 22.02.22!!! 

Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana





Diário da Astróloga 22.02.22: No vídeo de hoje falo sobre Marte e Plutão em Capricórnio. Um encontro que acontece a cada 2 anos, aproximadamente, e que pode se configurar como o mais belicoso de todos. Não por acaso, estamos vendo o agravamento da situação na Ucrânia. Mas também poderemos ver seus efeitos nas nossas vidas pessoais. Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa 

CRÉDITOS / CREDITS:  Arte de Jody Hewgill
#AlineMaccari #Astrologia #Astróloga #Astrólogo #MapaAstral #Signos #Zodíaco #Mitologia #Psicologia #Arquétipo #CarlJung #Autoconhecimento #CéudaSemana #Previsão #Terapia | #Ucrânia #Rússia #China #pedofilia #inflação #marteemcapricórnio #conflito #Putin #guerra #Petrópolis #morte #renascimento #fênix #cirurgia #Europa

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentido, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.

 

Nenhum comentário :

Postar um comentário