domingo, 8 de novembro de 2020

Tempo de cura

Diário da Astróloga: 08.11.20 | Na Temporada Escorpiana revivemos o mito da ave fênix que renasce das cinzas. Neste signo, a saga é virar pó e do pó voltar a voar. Joe Biden é escorpiano (20.11) e  sabe como fazê-lo. Já atravessou terríveis dramas familiares, foi aos infernos de Hades e voltou como presidente escolhido. E a saga de um, se torna a saga de muitos, quando representa o retorno à civilização, após o flerte com a barbárie. Talvez fosse isso que os maléficos Saturno e Plutão em Capricórnio estivessem nos ensinando neste ano, por contraste é claro. Foi preciso conhecer as profundezas das sombras para dar valor à luz. E então do limiar com o absurdo e suas pulsões de morte, os EUA renasceram com a "boa e velha tradição". 
Joseph Campbell talvez dissesse que Biden concluiu sua "jornada do herói", da desgraça à consagração, talvez por isso a nossa identificação com ele.  Em seu discurso de vitória, Biden apela para o seu próprio repertório arquetípico. Ele diz "É TEMPO DE CURAR OS EUA". Em Escorpião, as palavras chave são transformação e cura. Noutro trecho ele diz "QUE VOCÊS SUBAM EM ASAS COMO ÁGUIAS E QUE BRILHEM COMO O SOL". Novamente a águia, símbolo dos EUA é também a representação imagética de um Escorpião no seu mais alto grau de evolução, aproximando-se do Sol, símbolo máximo da consciência. 
Assim, Biden num cenário coletivo e simbólico é muito menos o Democrata vitorioso nos EUA e muito mais uma tendência mundial rumo a um resgate civilizatório planetário. Estamos exaustos desde 2020 sombrio! E a vitória de Biden juntamente com Kamala representa um estímulo ao renascimento de outros países que ainda se encontram mergulhados em suas sombras nefastas. É tempo de voltar à civilização. E que esse processo de cura seja rápido, pois o momento que vivemos pede velocidade, antes que seja tarde. Para a psicologia junguiana ou nós mergulhamos nas nossas sombras e nos identificamos com elas ou compreendemos o significado da dualidade da vida e voltamos por decisão própria à luz e à inteireza. Que este seja de fato um tempo de cura! Carl Jung nos ensina que "A BUSCA NÃO É PELA PERFEIÇÃO, MAS SIM PELA TOTALIDADE". 
Aline Maccari Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝

CRÉDITOS:  Banco de Imagens - Joe Biden e Kamala Harris
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento #céudasemana | #escorpião  #signodeescorpião #eleições #luacheia #luaminguante #eleiçõesEUA  #radicalismo #autoritarismo #eleições #biden #trump #reviravolta #violência #eleiçõesamericanas #pensilvânia #supremacorte #narcisista #narcisismo #leão #luaemleão

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentindo, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.

3 comentários :

  1. As primeiras referências culturais e religiosas em torno da Fênix surgiram no antigo Egito, como também o início da a noção que conhecemos hoje como resiliência...
    O poeta romano Publio Ovídio Naso relatava em seus textos que uma Fênix morria e renascia uma vez a cada 500 anos no Egito. Para os egípcios, essa incrível ave era o pássaro Bennu, que era associado às inundações do Nilo, do Sol e da morte, e que acreditavam que nasceu sob a árvore do Bem e do Mal. De acordo com a tradição egípcia, Bennu sabia da importância de se renovar de tempos em tempos, para adquirir novas sabedorias. Por isso, a ave percorria os céus do Egito e construía um ninho com elementos incríveis como ramos de canela, de carvalho, nardos e mirra. Depois de finalizar seu ninho, ela se instalava nele e cantava a canção mais bela que os egípcios já tinham ouvido e permitia que o fogo a consumisse. Então, após três dias ela ressurgia com poder e forças renovadas e deixava seu ninho em Heliópolis, Templo do Sol, para o início de um novo ciclo. (https://osegredo.com.br/o-mito-da-fenix-e-sua-relacao-com-o-poder-da-resiliencia/)
    Que linda sabedoria ancestral através de uma fábula!
    Grata pelo texto maravilhoso de hoje. Boa tarde!

    ResponderExcluir
  2. Local de saberes e de aprendizados ! Muito grato pelo verdadeiro presente que foi esse brilhante texto, que nos possibilita lavar a alma e seguir confiante ... nós que habitamos a terra brasilis e sabemos bem do que se trata e a importância dessa grande mudança curativa ! Oxalá ela chegue logo também por estas plagas !! Vida longa para A Astróloga , com A maiúsculo ! Com minha sincera admiração

    ResponderExcluir
  3. Ontem, depois de ler essa magnífica abordagem, fiquei refletindo sobre ela e me ocorreram algumas coisas que poderiam ter alguma relação com a mesma, e que gostaria de acrescentar aqui, com sua licença. A primeira é que Sri Aurobindo, o grande Instrutor indiano, ensinava que antes de se subir aos céus, é necessário se descer aos infernos. A outra, é sobre o fato de alguém ter dito outro dia que a humanidade estaria passando por uma grande iniciação, com essa questão do vírus. Mas , parece que esse é um dos aspectos. Há todas essas configurações astrológicas deste ano incomum. E essa relevante questão de se jogar luz sobre as sombras...interna e externamente. Microcosmo e macrocosmo, como costuma dizer. Então estive pensando se esses processos : iniciação, iluminação, conscientização, etc, que antes se restringiam a indivíduos ou pequenos grupos, teriam passado a ocorrer em grande escala, em termos coletivos, atingindo um grande número de pessoas, ou até mesmo a humanidade inteira, como no caso da pandemia. Mas isso é só uma conjectura, uma indagação. E para concluir, pensei também se porventura isso teria alguma correlação com Aquário, cuja ênfase é na coletividade. Bem, desculpe se me alonguei ... Agradeço pela disponibilidade deste espaço para tais comentários. Espero que tenha sido pertinentes. Saudações e uma boa noite

    ResponderExcluir