quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

CÉU DE HOJE: Júpiter e Lua, juntas no céu e em nós

Lua e Júpiter estiveram a apenas um grau de distância nesta madrugada. Um espetáculo belíssimo que pôde ser melhor apreciado na Austrália, dizem os especialistas. Mas, mesmo que não tenhamos conseguido apreciá-los juntos, em conjunção, a olho nu, podemos senti-los. E seus efeitos simbólicos poderão se alastrar até a manhã desta quarta-feira. Cá em baixo, sentiremos uma ampliação de sensações, tanto as positivas, relativas ao trabalho, ao bem estar e à família, relativo a nossa capacidade produtiva e o aconchego do lar; quanto as sensações negativas referentes à apreensão quanto a resultados no ambiente profissional, a ansiedade referente à saúde e às relações dentro de casa.
É que Júpiter, o deus do Olimpo, funciona como o botão de volume do seu rádio. Se você irá ouvir em alto e bom som uma bossa nova ou um punk rock, não diz respeito a ele, mas sim à sua sintonia. Aposto que aos diretores da Samarco, que tiveram suas prisões anunciadas ontem devido ao crime ambiental de Mariana, a conjunção de Lua e Júpiter soou como trilha de filme de terror. É a tal da lei do carma de que falamos ontem. O eixo Peixes - Virgem dá mesmo pano pra manga.
Ainda sobre Virgem, que pode apresentar tendências ao perfeccionismo que leva à obsessão, manias e à hipocondria, é preciso estar alerta para entender que já já essa grande conjunção passa e tudo pode voltar a seu lugar. No final da tarde um sentimento de equilíbrio e harmonia pode nos tomar, com a entrada da Lua no signo de Libra. E pelos próximos dois dias poderemos nos sentir mais sensíveis, belos, artísticos, amáveis e sonhadores.
Aline Maccari
*Os posts são publicados diariamente no site da Astróloga, no Facebook e no Instagram. Se você gostou do conteúdo compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: A Astróloga.com.br

Nenhum comentário :

Postar um comentário