sábado, 14 de maio de 2011

Encarar a Morte

O Livro Tibetano do Viver e do Morrer. Parte 1. 
Cap. 2 Impermanência.  2.4 Encarar a Morte.
Se você expira e não pode voltar a inspirar, está morto. É mesmo simples assim. Como diz um ditado tibetano: "Amanhã ou a próxima vida - o que vem primeiro, nunca se sabe." É como se a vida estivesse sempre por um fio. Alguns dos renomados mestres de contemplação do Tibete, ao ir para cama, à noite, costumavam esvaziar seus copos e deixá-los com a boca para baixo, na cabeceira. Nunca sabiam se iriam acordar e precisar deles de manhã. Também apagavam seus fogões à noite sem e preocupar em manter o lume para o outro dia. Momento a momento eles conviviam com a possibilidade da morte iminente.
(E o real sentido da vida sempre presente.)
Resenha do Livro Tibetano do Viver e do Morrer 

Nenhum comentário :

Postar um comentário