quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Feliz Natal!

Diário da Astróloga: 24.12.20 | Há cerca de dois milênios, três ou mais reis, magos, astrólogos e sacerdotes, provavelmente do Zoroastrismo, a antiga religião da Pérsia, avistaram no céu um intenso brilho, de rara beleza. Alguns astrônomos da atualidade alegam que teria sido a conjunção entre Júpiter e Saturno, produzindo uma luminosidade única e inconfundível. Para eles, o fenômeno daquele ano, brilhando naquela noite específica, era o prenúncio do nascimento de um grande ser humano. Guiados pelo evento celeste, eles saíram de algum região entre o Irã e o Afeganistão, em direção a Jerusalém para receber a criança. À primeira, bateram na porta errada, alarmando o Rei Herodes que preferia tirar a vida do futuro jovem líder. Após alguns dias, contornando ruas, esquinas e tiranias, os magos acabaram encontrando o bebê. Sobre a criança, brilhava o que eles chamaram de "A Estrela de Belém" ou "A Estrela" que os levou até a cidade de Belém. Lá ofereceram três presentes de forte simbolismo espiritual. O ouro, que para os alquimistas é o metal mais nobre, devido à sua pureza e integridade. Por isso é símbolo da realeza, mas também da nobreza de caráter. Presente que inclusive poderia ajudar a financiar a fuga da criança e da família para o Egito, em caso de perigo. O incenso, a única substância capaz de atravessar os céus e os mundos, o físico e o espiritual, e portanto símbolo de fé. E a mirra, uma árvore espinhosa que contém uma resina capaz de tratar infecções causadas por bactérias, fungos e vírus. 

De lá pra cá pouca coisa mudou. Ainda há astrólogos a traduzir o céu, alguns tiranos continuam tentando aniquilar seus inimigos imaginários e crianças maravilhosas nascem a cada dia. Ouro e incenso tem a sua importância. Mas qualquer substância anti viral teria um valor ainda mais especial neste 2020. O mais raro nessa história toda é perceber que o mesmo brilho que foi visto no céu naquela noite, pode ser visto também na noite de hoje. De meados do mês de Dezembro até o final do ano de 2020, será possível ver a união e em seguida a separação dos maiores planetas visíveis a olho nu do Sistema Solar. E se a união destes antigos deuses, Júpiter e Saturno, que acontece a cada 20 anos simboliza um momento auspicioso, que assim seja novamente! A última vez que eles se encontraram no céu foi no ano 2000, no signo de Touro. Desta vez eles estão se encontrando em Aquário, iniciando um percurso de 200 anos por signos do elemento AR. Um fenômeno, conhecido como A GRANDE MUTAÇÃO, que não acontecia, neste elemento, há 800 anos. É um privilégio estarmos vivos para presenciarmos isso, principalmente numa data tão especial. Que nesta noite, que como nenhuma outra simboliza a solidariedade, a fraternidade e a gratidão pela vida, nos tomemos da força desta "Estrela" e nos iluminemos para os próximos dias, meses e anos. Levar as crianças para a janela, o quintal ou o jardim para contar a elas que a "Estrela" que veem no céu é a mesma que iluminou o menino Jesus poderá ser algo mágico e inesquecível. Mas mais especial que tudo isso é a nossa capacidade humana de ouvir, contar e acreditar em histórias. Portanto, acreditemos! Que a beleza desta noite, no céu e na Terra, renove as nossas esperanças no futuro e na humanidade. Feliz Natal!
Aline Maccari
Jornalista, Astróloga e Analista Junguiana
YOUTUBE👉 www.youtube.com/aastrologa  --
O link segue na BIO☝ e nos STORIES ☝  ⏹️

CRÉDITOS: A Astróloga
#astrologia #astróloga #mapaastral #mitologia #psicologia #arquétipo #carljung #destino #autoconhecimento #céudasemana | #júpiteremaquário #saturnoemaquário #eradeaquário #2021 #previsão2021 #perspectivas2021 #grandemutação #grandeconjunção #solstício #solemcapricórnio #capricórnio #natal #festadenatal #noitefeliz #noitedenatal #estreladebelém #estreladebelem #júpiteresaturno #reismagos #jesus

* Agradecemos o compartilhamento dos conteúdos da "A Astróloga", desde que seja preservada a sua originalidade, integridade e sentindo, sem prejuízo à compreensão do mesmo e mantido o crédito à autora: Aline Maccari @aastrologa. A publicação parcial ou total de textos, vídeos ou fotos sem a creditagem correspondente pode acarretar em crime de plágio, sendo passível de punição. Obrigado àqueles que ajudam a divulgar adequadamente este trabalho.



8 comentários :

  1. Feliz Natal Aline! Gosto do seu modo de contar estórias...

    ResponderExcluir
  2. Como sempre, seus textos são lindos. Muito grata.

    ResponderExcluir
  3. Belo texto! Feliz Natal, querida! E muito obrigada por dividir seu conhecimento conosco. 😘😘

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto...Parabéns! Também acredito que a experiência é para todos, o céu e suas energias alcançam a todos nós e que bom, uma vez que JC é nosso "Emanuel", o "Deus conosco"...não comigo ou contigo, mas conosco! No dia 21, com o alvoroço aqui em casa para ver a Saturno e Júpiter o mais próximo possível, fomos à rua, eu e minha mãe dar uma breve caminhada, até que ela achou-os no céu e voltando pra casa pra levar meu marido ao ponto de visão, percebi que dava pra ver das janelas de casa...minha irmã, que é cega, mas atenta a tudo, também externou a vontade de "ver" o fenômeno, então eu a trouxe (como sempre faço em todos os eventos celestes visíveis) e expliquei a visão e como se apresentavam os planetas, além de contar a "crença" dos historiadores e eis que ela diz com toda convicção: "Pois eu não "acho", eu SEI que é a Estrela de Belém, que guiou os três reis magos até Jesus!" E eu disse sorrindo: "Então tá!" e nos abraçamos e eu fiquei ali, curtindo o momento! Grata. Beijo e muita luz!

    ResponderExcluir