quinta-feira, 18 de abril de 2013

Ah! Se Hermes fosse meu avô!

Visita o Teu interior, Purifica-te, Encontrarás o Teu Eu Oculto ou a
essência da tua alma humana
O encontro do Sol com Marte (deus da guerra) e a proximidade de Mercúrio (deus mensageiro) a Urano (deus violento do imprevisível), todos eles no signo de Áries (o primeiro signo de fogo), tem trazido notícias devastadoras. Explosões em Boston durante a maratona, em fábrica de fertilizantes no Texas e o caso Carandiru em São Paulo são algumas das histórias que acontecem cá embaixo com a mesma carga simbólica e arquetípica lá de cima. O universo se ajusta tal como um relógio e as engrenagens de lá ativam eventos aqui. "Assim na Terra como no Céu" ensina o Pai Nosso. Esta seria uma lei universal, o princípio da correspondência tal como na obra Caibalion: "O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima".
Existiria uma relação entre o universo e o homem, segundo o livro publicado 1908 por "iniciados" ingleses. Hermes de Trimegistus, o três vezes sábio, que teria sido o homem mais preparado do planeta para responder as grandes questões do universo, o maior filósofo de que se tem notícia. Mas, há quem diga que poderia ter sido uma escola iniciática formada pelos maiores sábios do Egito e da Grécia antiga. A obra teria servido de inspiração para o desenvolvimento dos livros religiosos mais importantes do mundo como os Vedas, a Bíblia, até a construção do pensamento científico atual. Diz se que todas as perguntas humanas poderiam ser respondidas à partir das reflexões sobre essas sete leis ou princípios. São eles:
O Caibalion é um dos textos fundamentais do hermetismo, que na era da comunicação, de oculto não tem mais nada. Escreva o nome na busca do Google e descubra aquilo que só os maçons sabiam até pouco tempo atrás. Contendo sete leis, o Caibalion traz os princípios fundamentais que regem as coisas, o mundo e a vida dos seres humanos, revelando a sabedoria da ciência antiga. Há quem diga que ele tenha sido escrito por
O Princípio de Mentalismo 
O Todo é Mente, O Universo é Mental. A criação divina se dá mentalmente e fazemos todos parte de uma única mente universal. 
O Princípio de Correspondência
O que está em cima é o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima. Existe relação entre a mente universal e nossa própria mente humana. 
O Princípio de Vibração
Nada está parado, tudo se movimenta, tudo vibra.
O Princípio de Polaridade
Tudo é Duplo; tudo tem Pólos; tudo tem seu Oposto; o Igual e o Desigual são a mesma coisa; os Opostos são idênticos em Natureza, mas diferentes em Graus; extremos se tocam; todas as verdades são meias-verdades; todos os Paradoxos podem ser reconciliados.
O Princípio de Ritmo
Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés; tudo sobe e desce, tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda, o ritmo é a compensação.
O Princípio de Causa e Efeito

Toda Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; O acaso é simplesmente o nome dado a uma Lei desconhecida; há muitos Planos de Causalidade, porém nada escapa à Lei. 
O Princípio de Gênero
O Gênero está em tudo; tudo tem seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o Gênero se manifesta em todos os planos da existência.


O Caibalion explica não só a utilização e a vocação da astrologia no sentido de dar um norte às nossas vidas como também responde nossas perguntas mais inquietantes à partir de profundas reflexões filosóficas. Quem diria que um dia tudo isso iria parar na tela do seu celular? O Caibalion, a astrologia e os seres humanos só se manterão sombrios, inacessíveis e ocultos se quisermos, ou se não soubermos procurar algo tão essencial nesse mar de informação que é a pós-modernidade. 
Aline Maccari

Várias pessoas estudaram o Caibalion entre elas artistas como Jorge Ben. O Caibalion é pop e se brincar já ficou retrô.
*Os posts são publicados diariamente no site da Astróloga e no Facebook. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: A Astróloga.com.br

Nenhum comentário :

Postar um comentário