sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Ceres ou Deméter: os astrônomos descobrem o que os astrólogos intuiam há muitos anos

Ceres para os Romanos, Deméter para os Gregos
Talvez só agora a ciência tenha descoberto o que os antigos já sabia há centenas e centenas de anos. Há água em Ceres! E talvez tenha sido este, o menor planeta anão do sistema solar, que tenha fornecido água a todos os outros, como noticia a Agência Espacial Europeia. Bem, em se tratando de tamanho sabemos que astrônomos e astrólogos respondem de formas divergentes. Plutão se tornou anão para os cientistas há pouco tempo e para nós, na verdade, é um gigante simbólico, capaz de profundas transformações. Na mitologia grega Deméter, a deusa da agricultura, conhecida como Ceres pelos romanos, não poderia ser outra senão a detentora de toda a água, fonte da vida. Afinal, é ela a mãe arquetípica ou a grande mãe. Ceres sem água? Como? Quanto mais olho para frente descubro que é olhando para traz que se entende a vida.
AM

CONFIRMADA A PRESENÇA DE ÁGUA EM MAIS UM PLANETA DO SISTEMA SOLAR

Uma equipe internacional de cientistas confirmou, em um artigo na revista Nature, a existência de água na superfície de Ceres, o menor planeta anão do sistema solar.
A descoberta foi possível com a utilização da sonda Herschel, da Agência Espacial Europeia, e confirma a suspeita que a ciência já tinha há anos: a água é um dos principais elementos desse planeta. Agora é possível entender a atividade de Ceres, que expulsa 6 quilos de vapor de água por segundo. A superfície de gelo é sublimada, transformando-se em vapor que, em seguida, é expelido.
A certeza da presença de água neste pequeno planeta de 950 km de diâmetro é uma informação bastante valiosa. Isso reforça a teoria de que a água de nossos oceanos chegou à Terra viajando em asteroides. Acredita-se que, na época em que o sistema solar se formou, há aproximadamente 4.600 milhões de anos,  sua parte central era quente demais para condensar água em seus planetas interiores.
A água em Mercúrio, Vênus, Marte e na Terra teria chegado em seguida, devido a um bombardeio de cometas e asteroides. Ceres é um grande objeto de estudo da ciência pelas muitas informações que podem ajudar a esclarecer a história do sistema solar. E seguirá sendo estudado minuciosamente, já que em 2015 a sonda Dawn, da NASA, explorará sua órbita. 
O cientista Göran Pilbratt, responsável pelo Projeto Herschel para a Agencia Espacial Europeia, explica que “as descobertas de Herschel trazem dados sobre a distribuição de água no Sistema Solar". Como Ceres constitui aproximadamente a quinta parte da massa total do cinturão de asteroides, essa descoberta não é apenas fundamental para o estudo dos corpos menores do sistema solar, como também nos ajuda a compreender a origem de água em nosso planeta.

FONTE: http://noticias.seuhistory.com/confirmada-existencia-de-agua-em-mais-um-planeta-do-sistema-solar


Nenhum comentário :

Postar um comentário