terça-feira, 19 de março de 2013

O longo passeio de Saturno pelo signo de Escorpião: sexo e segredos


De 05/10 a setembro de 2015 Saturno faz o convite: abra o porão
Chegou a hora! Não dá mais para esperar ou fugir. Tenho que falar agora dos meus medos. Tenho que contar aqueles segredos tão antigos. Preciso oferecer a alguém a chave extra do quarto, a senha que guarda minha intimidade escondida, antes que ela se esconda tão bem de mim que nem eu a encontre mais.
É chegado o momento de falar do ódio, da angústia, do remorso, da dúvida, da inveja, do ciúme, do amor não vivido, do tesão reprimido, da paixão cega, do ato que não se consumou e do tanto que fui consumida. Tenho que ser honesta quanto ao que é feio e amedrontador em mim, quanto ao meu rastejo. Chegou a hora de falar na primeira pessoa, sem artifícios que pulverizam a minha responsabilidade, com a minha própria felicidade e o restante do percurso da vida. De alguma forma, sutil, velada ou bem mais óbvia é assim que Saturno se manifestará em nossos pensamentos e reflexões daqui para frente. E assim será o nível da nossa conversa íntima com ele. Saturno, Senhor do Karma, conhecedor dos tempos, o estruturador, o tutor, deus da sabedoria entra hoje na constelação de EscorpiãoE lá ele ficará até setembro de 2015. Uma estreia muitíssimo importante, por ser um planeta lento e impactante no sentido de reestruturar nossas vidas, de forma duríssima, como um ditador cruel, mas sempre a nos render lucros. Seus últimos anos foram no signo anterior, Libra, referente a relacionamentos, associações, diplomacia, envolvimentos, amores, paixões. Quando por lá passou, revirou namoros, casamentos e provocou muitas separações. Pelo mundo expôs a total falta de diplomacia e cooperação entre os países, porque mostrou suas reais intenções, seja na Europa, Estados Unidos ou no mundo Árabe. Viu embaixadas pegando fogo até a saída inconformada de importantes líderes pacifistas. Quando Saturno entra em cena num determinado assunto regido por um signo, ele desmascara, dificulta, descasca até deixar apenas os recursos mais elementares para a sobrevivência ou morte de um sistema que já prenunciava falência. Na constelação de Escorpião não será diferente, só que agora os temas são outros e especialmente desafiador para quem tem Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Escorpião é o segundo signo de água, a água turva do rio, aquela que esconde no fundo tudo o que não pode ser mostrado. E que bichos moram lá? Lá moram medos, segredos, taras, mentiras... Escondido de todos mora ainda o nosso desejo de poder, vingança, controle, nosso sadismo, perversidade e perversão. Um pacote completo de constrangimentos que só um terapeuta ou um astrólogo atencioso para dar conta de tanta "sombra". Nos próximos anos gastaremos muito tempo cuidando de tudo o que não quisemos cuidar até agora. E se Libra é o signo do relacionamento em sua fase entre o começo e o meio, em Escorpião mora o meio e o final do amor, até a transcendência. Assim, nossas relações estarão sendo testadas ainda mais. Seremos forçados a dar tudo, ainda que não tenhamos para dar. Intimidade, entrega, confiança, herança e poder entre os amantes serão temas para muitas reflexões. E se for preciso destacar uma palavra entre essas Saturno preferirá falar de sexo, o único elemento real capaz de diferenciar a amizade de um relacionamento amoroso. Casais que fingem para si mesmos que ainda vivem um casamento, mas não se toleram mais na cama ou no café da manhã, não estão mais vivendo a dois. Será que teremos coragem para falar disso? E nossos desejos e fantasias? Será que nossos orgasmos nos satisfazem? Quantas vezes ela mentiu e gemeu na cama para enganar a você e a ela mesma? Com a entrada de Saturno em EscorpiãoSigmund Freud pode aparecer sentado na ponta da cama, na hora do ato. É hora de trazer a tona os assuntos íntimos que todos temos, mas compactuamos silenciosamente entre todos nós, sobre não contarmos nada a ninguém, um acordo entre cavalheiros, selado com o olhar. Enquanto isso continuamos internamente insatisfeitos. E por quanto tempo mais poderemos aturar? Em nível social, coletivo, a entrada do "antigo" Senhor da Morte, como era conhecido antes da descoberta do planeta Plutão, Saturno pode deflagrar guerras, revoltas e ainda mais intolerância religiosa, já que Escorpião é também casa de ocultismo. Saturno pode implementar ainda mais pacotes de austeridade e restringir salários, mesadas, mamatas e heranças. Ele pode propagar ou curar doenças venéreas, pode regulamentar a prostituição em vários países, pode deflagrar casos de abuso sexual em instituições religiosas que ainda se sentem o último reduto moral, pode estimular todo o tipo de exposição pública do que acontece com o cidadão entre quatro paredes. Pode ainda estimular pintores, cineastas e cantores, mídia em geral a explorar o tema de forma despudorada, abusada e grosseira. Com a passagem de Saturno pelo signo da morte podemos sentir um cheiro estranho, como se algo podre pairasse no ar. Está na hora de enterrarmos os nossos cadáveres, sem medo de fantasmas, para continuarmos a crescer e seguir com a vida em frente. Todo esse processo poderá ser duríssimo, mas aproveitar uma oportunidade como essas, pode ser a chance de colocar a vida nos trilhos novamente, aquela que planejamos viver muito tempo atrás.
Aline Maccari

Gotan Project: Mi Confesion: "Não estou satisfeito"
*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

Nenhum comentário :

Postar um comentário