quinta-feira, 14 de maio de 2015

Vênus entra em Câncer

No seriado JEANNIE É UM GÊNIO a relação amorosa toma grande parte trama. Ela geralmente cuida de seu Major Nelson com carinho de mãe. A "geninha" que mora numa garrafa (útero, caverna, lugar fantástico, imaginação) poderia sim ser a incorporação de uma Vênus em Câncer. Nós mulheres queremos cada vez mais ser independentes e modernas. No entanto, às vezes, caímos na tentação de cuidar deles como verdadeiras mães. Será que às vezes eles não fazem o mesmo por nós?
As relações amorosas, o trabalho com as artes, o desfrute do belo e as atividades produtoras de prazer ganham novos contornos e cores entre os dias 8 de maio e 5 de junho. É que a Vênus estará sobrevoando Câncer, e se apropriando das qualidades deste que é o primeiro signo de água. No signo naturalmente regido pela Lua, podemos nos sentir mais sonhadores, inconscientes, distantes, meditativos, melancólicos, nostálgicos e excessivamente sentimentais. Quando a deusa do feminino, a Vênus, bebe das águas cancerianas ela se torna principalmente maternal, protetora e terna. É como se a relação a dois ganhasse um cuidado que vai além do cuidado de mulher para homem e vice versa, mas um cuidar de mãe para filho, tanto de um lado como de outro.

Vênus fica no signo de Câncer de 8 de maio a 5 de junho de 2015




E não será mesmo essa uma das formas de zelarmos pelo amor? Comidinha quente à mesa, pantufas, seriados de TV e muito dengo são típicos desta fase. Bom mesmo é aproveitá-la, já que ela dura pouco, apenas cerca de um mês. Doméstica e afetuosa, a Vênus em Câncer estará com a cabeça na família e na dispensa. O gosto pela música pode invadir a trilha sonora da casa, colorindo o ambiente de ritmos e emoções. É um período rico de trocas sentimentais, carinhos, afagos, mas não necessariamente em forma verbal. Uma Vênus em Câncer não fala, ela põe no colo e mima. Ou prepara aquela sopinha deliciosa. O olhar pode ser muito mais esclarecedor. Até o começo do mês de junho podemos nos tornar mais frágeis e dependentes. Mas, como a via é de mão dupla, os outros também podem se sentir dependentes de nós. Se soubermos usar o melhor do arquétipo da mãe nas relações sairemos nutridos para os tempos que se seguirão. 
Aline Maccari

Jeannie acorda linda, bela e loira às 4h da manhã para cuidar de seu "amo". Um tipo de mulher que já não existe mais. A não ser que a Vênus esteja sobrevoando Câncer. Para essa deusa, a memória é coisa séria. Não ouse esquecer datas importantes. Pois para ficar de mau humor por um dia inteiro não custa nada. Tudo o que ela pede é cuidado.

*Os posts são publicados diariamente no site da Astróloga e no Facebook. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: A Astróloga.com.br

Nenhum comentário :

Postar um comentário