quarta-feira, 8 de junho de 2011

Bem me quer. Mal me quer

Bom dia senhores. Hoje a Lua é crescente no signo de Virgem. E no ar paira o sentimento de que o trabalhado dos dias anteriores segue com um plano ainda sem ponto de chegada. Talvez porque não saibamos nem ao menos qual foi o nosso ponto de partida. O trabalho deve conter um plano de ação e realização. A questão é que para a Lua de hoje é como se o trabalho já fosse o fim, como se o fato de acordar e trabalhar até a hora de dormir fosse um plano de vida. No entanto nossos esforços não podem seguir sem direção, por mais modestas que sejam as nossas ambições. Ou às vezes a questão é que nos achamos desimportantes demais para alcançar o que tanto almejamos. A Lua em Virgem fala de trabalho, entrega e servir ao outro com prazer e disciplina. Mas o outro não pode ser apenas o filho, a filha, o parceiro ou a parceira. É preciso que haja uma motivação pessoal e interior, um desejo de realização para que acordemos dia após dia conectados ao nosso senso de propósito. Os sentimentos são mesmo antagônicos. Nos últimos dois dias sabíamos exatamente para o que trabalhávamos. Tínhamos um foco. E de repente tudo se perde no interesse do outro a quem escolhemos para ser o beneficiário de toda a nossa saga diária. É preciso encontrar um meio termo. Pois tratar o outro como alvo de todo o nosso egoísmo e em seguida como alvo toda a nossa devoção é no mínimo um destempero. O equilíbrio da balança de Libra aparece na sexta.
Aline Maccari

Nenhum comentário :

Postar um comentário