quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Feminino, sentimental e hormonal

Olá a todos. A Lua entrou no final da tarde de ontem no signo de Câncer e nossa quarta-feira ganha suas cores. Geralmente em sépia e sanguínea, os tons de um passado distante, como uma fotografia antiga. Câncer, o primeiro signo de água, adora viver num outro tempo, onde tudo brilhava com a mãe por perto e os objetos ao redor pareciam tão maiores. A infância é sua fase favorita e nela podemos passar durante muitas horas do nosso dia. Como este signo é regido pela própria Lua, nossos humores poderão estar oscilantes assim como suas fases. E mudanças de temperamento, numa variação entre o alto astral, a expansão ou a quietude e a melancolia, poderão ser observados. Num dia de água como este, ou seja, num dia tão emocional, é preciso tomar cuidado com o uso inadequado das palavras que empregamos para não ferir os outros. Do contrário o caranguejo pode retrair-se e voltar para sua pequena morada. Para sobreviver a um dia tão sensível será necessário muito jogo de cintura no ambiente profissional, entre amigos, amores e familiares. Em meio a tanta fragilidade, cuidar de si como uma mãe o faria é um dos melhores conselhos que se pode dar. Alimentar-se bem, com responsabilidade e prazer, ouvir flash backs, tomar um banho quentinho e demorado, e assistir ao filme favorito pela décima vez poderá nos trazer de volta ao ninho de onde poderemos alçar vôo assim que estivermos prontos novamente.
Aline Maccari
Hoje eu só quero saber das Panteras. Um viva pra Sessão da Tarde!
Se você gostou deste texto compartilhe com os amigos sem se esquecer de citar a fonte: Aline Maccari

Nenhum comentário :

Postar um comentário