quarta-feira, 16 de novembro de 2011

I'm too sexy

Olá a todos. O Sol segue em Escorpião e a Lua em Câncer. A quarta-feira começa com um aguadeiro de emoções difícil de lidar para um dia com cara de segunda-feira. Retomar o trabalho e os estudos com tanto sentimento transbordando pode ser um tanto difícil, no trato com autoridades e principalmente por causa da quadratura da Lua com Saturno, "the boss". Durante a manhã poderemos ser chamados ao trabalho e à responsabilidade, mas a vontade será a de se esconder debaixo da mesa, fugindo das obrigações, escapando dos deveres do ser adulto. No desenrolar do dia a Lua canceriana migra para a constelação de Leão, deixando a chororô de lado e adotando nova tática de sobrevivência, o rugido. E aí o dia toma um novo fôlego, com a entrada em cena do "Bicho Rei". No entanto a soma energética de Escorpião e Leão pode produzir um efeito sonoro ensurdecedor, como se todos descobrissem ao mesmo tempo que podem ser o Rei da Floresta e gritar mais alto do que o outro. Nesse momento aguentar a nós mesmos será um pequeno desafio. Haja espelho, elogio, laquê e pó de arroz. Com três outros planetas em Sagitário, aí ninguém se segura.
Acharemos que somos superiores em moral, beleza, intelectualidade e razão. Ou seja, hoje e amanhã estaremos tão tomados de nós mesmos que serão dias difíceis de enxergar o outro. E é aí que mora o ponto cego neste céu de estrelas. Precisamos tomar muito cuidado para não atropelar pais, filhos, amigos, companheiros, sócios e subalternos. Pedir para que Leão faça um exercício de humildade e reconheça sua soberba será como pedir ao bicho que dome a sua juba. A palavra modéstia morará na errata do pai dos burros. Mas só de começarmos esta semana curtíssima sabendo que isso poderá acontecer já é de grande valia.
Aline Maccari
Na foto acima o Ministro do Trabalho, Carlos Lupi, escorpianamente esconde do Planalto que anda de jatinho "King Air" fretado por ONG. Maybe because Lupi thinks he is too sexy.
Se você gostou deste texto compartilhe com os amigos sem se esquecer de citar a fonte: Aline Maccari

Nenhum comentário :

Postar um comentário