sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Saturno vai ao samba!

Manter o sigilo nas consultas astrológicas é tão importante quanto nas consultas psicológicas. Os assuntos tratados são sempre delicados, íntimos, às vezes constrangedores e simplesmente não dizem respeito a mais ninguém. A não ser quando viram um estudo de caso e contribuem para o entendimento dos processos da vida e se tornam exemplos para outras pessoas. Assim, se pertinente e autorizado, menciono trechos de casos interessantes mas sempre trocando o nome do cliente no sentido de preservar sua privacidade.

Suzana L.P. me autorizou a dividir sua história. Neste último final de semana ela foi ao samba. Suzana é bem miúda e ruiva. Mas quando vai para o barracão fica "gigante", conta ela. Ninguém imagina que dentro dela habite na verdade o espírito de uma corpulenta e divertida mulata brasileira. As primeiras três performances arrancaram suspiros do público. Na última música ela se empolgou ao som de Gonzaguinha:



Foi exatamente neste momento, num movimento descoordenado, desastroso e deselegante que a pequena foi ao chão com uma lesão no pé esquerdo. Paralisada ela saiu com vontade de nunca mais pisar naquele lugar.


Uma semana antes.....

Uma semana antes ela esteve comigo fazendo seu mapa astral. O tema mais importante do mapa de Suzana tem tudo haver com a queda no samba. O mapa mostra o planeta Saturno na casa 5. Saturno é uma muralha, imensa e às vezes intransponível. Onde quer que ele se encontre no mapa representa uma dura lição que o sujeito deve aprender. Ele raciona, restringe, angustia, aprisiona e empobrece. Os temas da casa 5 são referentes à entrada do sujeito na adolescência, na vida amorosa, no namoro, no flerte, fala de diversão, entrega, amigos e gozo com a vida. E assim Suzana encontrou com Saturno no samba. Não é que ela esteja proibida de se divertir. Mas seu chamado é muito maior e mais sério. Um chamado para uma vida adulta, de construção e responsabilidade. Impossibilitada pelo pé machucado ela é forçada a ficar em casa pensando sobre todas as coisas difíceis da vida. Todas aquelas que a fazem fugir para o samba vez por outra. Para alguns o gozo na vida só virá depois de muito trabalho e de muitos anos. Num primeiro momento, sob o olhar da nossa cultura de prazer imediato, instantâneo, Suzana pode parecer uma desafortunada. Sob os olhos do deus Saturno, o Senhor do Tempo, é só uma questão de tempo, para que ela esteja muito mais preparada para as adversidades da vida que os demais colegas. Para Suzana, a beleza de ser aprendiz se mostrará no futuro com a maturidade e a sabedoria. E em algum momento da vida todos nós teremos uma experiência de limite.


Obs: todas as fotos são meramente ilustrativas e não correspondem aos reais personagens deste texto.


Aline Maccari

Nenhum comentário :

Postar um comentário