segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Joseph Campbell: O caminho da bem-aventurança

bem-aventurança 
s. f.
1. Felicidade eterna.
   2. [Religião católica]  Cada um dos oito preceitos ensinados por Jesus no Sermão da Montanha.

"Bem-aventurança é aquela sensação profunda de estar presente, de fazer o que você decididamente deve fazer para ser você mesmo. Se você conseguir se ater a isso, já estará no limiar do transcendente. Poderá até não ter dinheiro, mas isso não importa. Após anos de estudo na Alemanha e em Paris, voltei três semanas antes da quebra de Wall Street, em 1929, e não consegui emprego por cinco anos. Felizmente para mim, não havia assistência social. Eu não podia fazer nada a não ser ficar sentado em Woodstock, lendo e tentando descobrir onde estava a minha bem-aventurança. Sentia-me o tempo todo à beira da empolgação.
Então, o que eu disse aos alunos foi: sigam sua bem-aventurança. Haverá momentos nos quais vocês a experimentarão. E, quando esses momentos passarem, o que será dela? Fiquem com ela, pois há mais segurança nisso do que em tentar descobrir de onde virá o dinheiro no ano seguinte. Durante anos, vi jovens às voltas com a decisão de que carreira seguir. Só existem duas atitudes: uma é seguir a própria bem-aventurança; a outra é ler as previsões de onde estará o dinheiro quando eles se formarem. Mas isso muda rápido demais. Neste ano, é a informática, no ano que vem, a odontologia, e assim por diante. Seja qual for a escolha do jovem, quando chegar lá tudo vai ter mudado. Mas, se ele descobrir qual a essência de sua bem-aventurança, poderá alcançá-la. Ele talvez não ganhe muito dinheiro, mas terá sua bem-aventurança. Esse caminho pode guiá-lo até o mistério transcendente, pois é a fonte da energia da sabedoria transcendente dentro de você. Assim, quando a bem-aventurança estanca, saiba que você bloqueou a fonte, então tente reencontrá-la. Ela será Hermes, seu guia, "o cachorro" que consegue seguir a trilha invisível por você. E assim é. Você entende seu próprio mito dessa maneira." 
Joseph Campbell

Trecho extraído do livro Mito e Transformação, de Joseph Campbell, Editora Ágora, página 25. Título original: Pathways to bliss: Mythology and personal transformation.

*Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

2 comentários :

  1. Muito bacana. Sempre pensei da mesma forma e tenho aconselhado jovens amigos a seguirem as carreiras que lhes motivam verdadeiramente, não aquelas orientadas somente pela possibilidade de maiores salários. Ainda mais porque somente um profissional empolgado, vibrante, envolvido no seu trabalho, consegue manter-se criativo no transcorrer dos anos. A rotina nos anestesia, mas a paixão nos desperta.

    ResponderExcluir
  2. É isso Ana! Adoro quando participa. Adoro!

    ResponderExcluir