terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

O Aniversário da Astróloga


Quando tudo começou? Eu era estagiária de jornalismo num canal de TV em Brasília quando um repórter perguntou qual era o meu signo. Eu respondi Aquário. Ele disse que mulheres aquarianas são muito inteligentes e interessantes de fato, mas independentes demais para ele. Eu ri! E então, muito curiosa sobre os astros, decidi ler a respeito. E logo nas primeiras explicações caí de amores pela lógica desse conhecimento tão antigo, atual e esclarecedor. Alguns anos depois fui morar na Nova Zelândia onde estudei profundamente ao lado da minha sogra "kiwi", mestre em astrologia, a quem devo muito conhecimento. Quando voltei para o Brasil fui para São Paulo. E na TV, na reportagem diária, comecei a ver uma relação muito estreita entre o posicionamento planetário daquele dia e os fatos que aconteciam aqui em baixo. Assim no céu como na terra. Então, um caso de violência contra a mulher era nitidamente um aspecto desafiador entre a Vênus, o feminino e Plutão, o deus da morte. Entrevistar um monge ou um acadêmico era o mesmo que falar com Júpiter. A evolução das redes sociais era dirigida por Netuno, Rei dos Mares, na constelação de Aquário, signo que representa a própria sociedade. A Primavera Árabe foi iniciada nos primeiros dias da entrada de Urano, planeta de revoluções e rebeldia em Áries, o senhor da guerra. Muammar Gaddafi continuaria escondido e enviando informações truncadas até que Mercúrio, deus mensageiro abandonasse a oposição a Netuno. E a Europa e os EUA começaram a ruir economicamente com a entrada de Plutão em Capricórnio, signo de riquezas materiais e estruturas de poder. Então os fatos mundanos que pareciam caóticos adquiriam uma lógica e um ciclo. E perceber qualquer evento do dia a dia sem ver neles a presença dos deuses gregos antigos, traduzidos na mitologia planetária, ficou cada vez mais difícil. A Astrologia explicou o mundo e trouxe respostas a uma repórter cheia de perguntas. Quando já não foi mais possível dissociar uma coisa da outra criei o blog da Astróloga, há um ano, no dia 14 de fevereiro de 2011. Assim hoje eu comemoro 35 anos de vida e 1 ano de trabalho com A Astróloga. Um projeto que deu certo graças ao interesse de centenas de pessoas que tem questionamentos humanos assim como os meus. O objetivo não é dar boa notícia, mas aquela que faz sentido, dentro de uma contextualização. Porque quando não temos repostas ou não entendemos a realidade ao nosso redor podemos ficar muito frágeis, confusos, perdidos e até reféns de pessoas ou organizações tiranas. A cada pergunta que recebia, eu me esforçava para dar uma resposta. E isso se tornou libertador, para mim e para o leitor. Acordar todos os dias e traduzir o que se passa no céu e na terra é um presente e um desafio. Graças aos deuses! Obrigada de coração a todos que acompanham este trabalho que é feito com todo o carinho.
Aline Maccari
Essa vai para Rodrigo, meu irmão gêmeo. Feliz Aniversário velhinho!
Os posts são publicados diariamente no Blog da Astróloga, no Facebook e no Twitter. Se você gostou compartilhe sem se esquecer de preservar fotos e vídeos propositalmente relacionados ao conteúdo, além de citar a fonte: Aline Maccari.

2 comentários :